Petrolândia Notícias: Eduardo Pazuello é nomeado para cargo no Palácio do Planalto

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

terça-feira, 1 de junho de 2021

Eduardo Pazuello é nomeado para cargo no Palácio do Planalto


Eduardo Pazuello toma posse. Foto: Agência Brasil

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, foi nomeado para exercer o cargo de secretário de Estudos Estratégicos da Secretaria Especial de Assuntos Estratégicos da Presidência da República.

O general que deve ser reconvocado pela CPI da Pandemia, responde a um procedimento disciplinar no Exército por ter participado de um protesto em apoio ao presidente sem ter solicitado autorização prévia. A tendência é de que ele receba uma punição de advertência.

A nomeação de Pazuello para o cargo no Palácio do Planalto é assinada pelo ministro-chefe da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos.
Pazuello assumiu o posto de ministro da Saúde, após o médico oncologista Nelson Teich pedir demissão, depois de 29 dias à frente pasta, em função de divergências sobre o protocolo da hidroxicloroquina para tratar pacientes diagnosticados com Covid-19.

O ex-ministro assumiu o cargo interinamento em maio de 2020 e foi oficializado em setembro. Em março deste ano, ele deixou a pasta, que foi assumida por Marcelo Queiroga.

Antes, Pazuello ocupava o cargo de secretário-executivo do Ministério da Saúde. Ele já prestou depoimento por dois dias à CPI da Pandemia.

Lista

A CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado aprovou os requerimentos para convocar nove governadores.

Além dos governantes foram reconvocados o ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello e o atual titular da pasta, Marcelo Queiroga.

Eis a lista dos convocados:

Wilson Lima (PSC), governador do Amazonas
Helder Barbalho (MDB), governador do Pará
Ibaneis Rocha (MDB), governador do Distrito Federal
Mauro Carlesse (PSL), governador do Tocantins
Carlos Moisés (PSL), governador de Santa Catarina
Waldez Góes (PDT), governador do Amapá
Wellington Dias (PT), governador do Piauí
Marcos Rocha (PSL), governador de Rondônia
Antônio Denarium (sem partido), governador de Roraima
Daniela Reinehr (sem partido), vice-governadora de Santa Catarina
Wilson Witzel (PSC), ex-governador do Rio de Janeiro
Eduardo Pazuello (ex-ministro da Saúde)
Marcelo Queiroga (Ministro da Saúde)
Arthur Weintraub (ex-assessor da Presidência da República)
Filipe Martins (ex-assessor da Presidência da República)
Carlos Wizard (empresário)
Paulo Baraúna (empresário)
Luana Araújo (ex-secretária do Ministério da Saúde)

Via Portal de Prefeitura