Petrolândia Notícias: COVID-19: Presidente do Sindicato Rural, faz apelo durante aglomeração no centro de Petrolândia. "Não é de hoje, que agente se depara com a mesma situação" [Vídeo]

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

segunda-feira, 7 de junho de 2021

COVID-19: Presidente do Sindicato Rural, faz apelo durante aglomeração no centro de Petrolândia. "Não é de hoje, que agente se depara com a mesma situação" [Vídeo]

Foto: Reprodução 

Na última sexta-feira (4) o atual presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolândia (STR), Natanael Caetano esteve na avenida Djalma Wanderley no centro de Petrolândia para registrar uma cena lamentável de aglomeração neste período crítico que o município atravessa durante pandemia provocada pelo coronavírus. Na ocasião, Natanael registrou as imagens em vídeo e fez um desabafo.

"Olá pessoal, estamos aqui se deparando com essa situação muito grave, que são de pessoas aposentadas estão em aglomeração em nossas agências bancárias do município. Esse problema ele não vem de hoje, agente constatou aqui pessoas com mais de 60 anos misturadas com pessoas com comorbidades com pessoas jovens, e numa aglomeração dessa simplesmente porque as agências não estão encontrando uma forma né, de atender melhor aos agricultores, os aposentados, as pessoas aposentas, as pessoas que vem para receber seu salário. Eu quero alertar a Secretaria de Saúde que já vem fazendo um apelo o nosso município pela expansão do número de casos de COVID. Agente vê isso aqui que a situação que agente tá se encontrando, né? Eu faço um apelo as nossas autoridades ao Ministério Público e que procure essas agências e faça uma discussão para que haja um planejamento de atendimento a essas pessoas, porque essas mesmas agências elas obtém lucro em cima disso. São clientes, mas antes de serem clientes são pessoas, são vidas que merecem serem respeitadas. Aonde agente vê os idosos junto com jovens as pessoas com comorbidades, crianças mãe lactantes, isso é um apelo do sindicato rural que não é de hoje, que agente se depara com a mesma situação, pessoas que chegam até seis horas da manhã pra marcar um lugar na fila para receber o seu salário, né? E é esse o meu desabafo e a gente tá pronta pra contribuir na discussão".

Veja o vídeo:


Por Redação | Vídeo: Facebook/Natanael Caetano