Petrolândia Notícias: Prefeito e vice de Águas Belas têm mandato cassado por abuso de poder econômico e político; presidente do PT-PE vê “injustiça”

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

quinta-feira, 6 de maio de 2021

Prefeito e vice de Águas Belas têm mandato cassado por abuso de poder econômico e político; presidente do PT-PE vê “injustiça”



Em Águas Belas, no Agreste, o prefeito Luiz Aroldo (PT) e sua vice-prefeita Eniale Coutinho (PSD) tiveram os mandatos cassados nessa quarta-feira (5), acusados de abuso de poder econômico e político. A sentença foi deferida pelo juiz da 64ª Zona Eleitoral de Águas Belas, Rômulo Macedo Bastos.

Os dois foram eleitos nas eleições de 2020 e o que originou a cassação foram atos de campanha. Na época das correrias políticas, poucos dias antes das votações, a Polícia Militar flagrou uma frota de veículos abastecendo no mesmo posto de combustível que prestava serviço à Prefeitura Municipal, além de funcionários promovendo abastecimento de motocicletas. Com isso, abriu-se uma investigação, que culminou na cassação dos dois madatos, após alguns meses já eleitos. O prefeito terá que pagar uma multa no valor de R$ 30 mil e a vice R$ 10 mil.

Quem não concordou com a decisão da Justiça foi o presidente do Partido dos Trabalhadores de Pernambuco (PT-PE), Doriel Barros. Segundo ele, a decisão “foi baseada em rumores e o prefeito Luiz Aroldo é vítima de injustiça“. O presidente disse ainda que vai usar todos os mecanismos jurídicos, políticos e sociais na defesa dos mandatos do prefeito e de sua vice, garantindo que o voto dos cidadãos e das cidadãs águas-belenses e os interesses coletivos sejam respeitados.

VIA CARLOS BRITTO