Petrolândia Notícias: Bombas ofuscam temporariamente ameaça da Covid-19 em Gaza

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

quarta-feira, 19 de maio de 2021

Bombas ofuscam temporariamente ameaça da Covid-19 em Gaza


A fumaça sobe após um ataque aéreo israelense na Cidade de Gaza - Foto: MAHMUD HAMS / AFP


Um Yihad Ghabayin saiu de casa levando apenas a roupa do corpo, sem sequer se lembrar de usar uma máscara para se proteger do coronavírus. Diante das bombas de Israel, a pandemia não parece mais uma ameaça urgente para os palestinos da Faixa de Gaza.

Esta mãe de seis filhos deixou sua casa no norte da Faixa e se refugiou em uma escola da UNRWA, agência da ONU que ajuda os refugiados palestinos, por medo de morrer nos ataques israelenses. Há mais de uma semana, bombardeios aéreos castigam o enclave palestino, onde vivem quase dois milhões de pessoas.

"Desde que chegamos na sexta-feira, não conseguimos nem tomar banho", contou à AFP. "Não há abastecimento de água e falta higiene", relatou.

Para o porta-voz da UNRWA, Adnan Abu Hasna, as 50 escolas da ONU transformadas em abrigo para mais de 40.000 deslocados internos em Gaza podem se tornar focos perigosos de coronavírus na Faixa de Gaza. Este território se encontra sob bloqueio israelense há quase 15 anos.

A agência da ONU disponibiliza itens de higiene e água, mas esta medida e a quantidade de material distribuído são insuficientes diante da gravidade da situação, admite o porta-voz.

VIA FOLHA PE