Petrolândia Notícias: Bolsonaro diz que imagina sessão do STF começando com oração

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

sábado, 8 de maio de 2021

Bolsonaro diz que imagina sessão do STF começando com oração

O Presidente Jair Bolsonaro confirmou em conversa com apoiadores no Palácio da Alvorada, na manhã deste sábado, 8 de maio, que indicará um evangélico na vaga do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Melo, que irá se aposentar no dia 5 de julho.

Bolsonaro disse que o anúncio da escolha será um dia antes da aposentadoria de Marco Aurélio, afirmando que ‘será um dia terrivelmente evangélico’.

“Dia 4 de julho é o dia do terrivelmente evangélico”, disse.

O presidente não confirmou o nome, e disse que não bateu o martelo na escolha, mas imaginou a possibilidade do seu indicado ‘iniciar uma sessão do STF com uma oração’.

“Tem um cotado aí. Por enquanto, é ele, mas não está batido o martelo. Uma vez eu disse: ‘Imagina uma sessão do STF começar com uma oração com esse ministro?’”, declarou.

É especulado que o chefe do Executivo esteja falando do Advogado Geral da União, André Mendonça, que é o preferido de Silas Malafaia.

Outras possíveis escolhas

Com a confirmação que no dia 5 julho de 2021, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), os bastidores já estão movimentados para saber quem será a escolha do presidente Jair Bolsonaro para assumir o posto.

Segundo o próprio Presidente, sua próxima indicação  será ‘terrivelmente evangélico’, como já foi prometido por ele e reforçado depois da opção por Kassio Nunes Marques como o primeiro nome, no lugar do ex-ministro Celso de Mello.

Os candidatos, além de André Mendonça, possuem uma forte ligação com a igreja evangélica e costumam manifestar publicamente sua fé.

São eles o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro Humberto Martins; e o desembargador federal d Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF2), William Douglas.

Via Portal de Prefeitura