Petrolândia Notícias: A portas fechadas, Miguel Coelho discute eleições 2022 com Silvio Costa Filho

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

sábado, 8 de maio de 2021

A portas fechadas, Miguel Coelho discute eleições 2022 com Silvio Costa Filho


Foto-montagem: Folha de PE/reprodução

O encontro não foi tornado público, mas ocorreu em Brasília na última quarta-feira (5). Prefeito de Petrolina, Miguel Coelho (MDB) – cotado para concorrer ao Governo de Pernambuco – foi à mesa com o deputado federal Silvio Costa Filho. A troca de ideias se deu no mesmo dia em que o emedebista também teve encontro com o prefeito de Jaboatão, Anderson Ferreira, na Capital Federal. Se Anderson integra o campo das Oposições, Silvio Costa Filho preside, em Pernambuco, o Republicanos, recém-ingresso na Frente Popular e, portanto, aliado do governador Paulo Câmara (PSB) e do prefeito do Recife, João Campos (PSB).

O Republicanos, entretanto, em Petrolina, apoiou Miguel na corrida pela reeleição. Assim, a relação de Silvio e Miguel já é próxima não de hoje. O detalhe é que Miguel vem se debruçando sobre uma série de auscultas que incluem não só lideranças da oposição. Ele vem procurando ouvir nomes da base governista. No último dia 28/04, ele foi até o sítio do deputado federal Wolney Queiroz, em Caruaru, no Agreste. Presidente do PDT em Pernambuco, Wolney também é aliado do Palácio das Princesas, mas já deixou claro que o partido não abrirá mão de montar um palanque para o presidenciável Ciro Gomes (PDT) no Estado.

O encontro de Miguel com Wolney se deu após o dirigente do PDT-PE ter quebrado o silêncio, à coluna, sobre a reaproximação entre PT e PSB nacionalmente, movimento capaz de prejudicar as pretensões dos pedetistas de conquistarem o apoio do PSB ao projeto presidencial da legenda. No caso de Silvio Costa Filho, o Republicanos comanda a Secretaria de Saneamento na Prefeitura do Recife, mas ainda aguarda a reforma administrativa da gestão Paulo Câmara, onde ainda não ocupa espaços.

Chegaram a circular especulações de que o irmão de Silvio Costa Filho, o deputado estadual João Paulo Costa, poderia ser titular de uma secretaria no governo do Estado. Mas os rumores acabaram perdendo força e o governador, embora tenha retomado conversas com aliados, ainda não bateu o martelo nessa arrumação. Silvio, por sua vez, já teve nome ventilado para ocupar uma vaga numa chapa majoritária. Ventilou-se que ele poderia ser alternativa para o Senado. Silvio e Miguel atuaram juntos na Assembleia Legislativa (Alepe), são da mesma geração e, pelos gestos, Miguel, de olho em 2022, tem mirado lideranças do governo, que, em algum momento, deixaram de ser contempladas na gestão Paulo Câmara. 

As informações são de Renata Bezerra de Melo/Folha Política.