Petrolândia Notícias: Governo de Pernambuco decide até sexta-feira se mantém funcionamento de comércio e atividades econômicas

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

terça-feira, 20 de abril de 2021

Governo de Pernambuco decide até sexta-feira se mantém funcionamento de comércio e atividades econômicas


O Governo de Pernambuco decide até a próxima sexta-feira (23) se mantém o atual formato de funcionamento das atividades econômicas em meio à pandemia de covid-19.

As atuais medidas em vigor, com limitações de horário para funcionamento das atividades econômicas, valem até o próximo domingo (25).

Em março, o governador Paulo Câmara (PSB) havia retomado as restrições diante da alta da covid-19, mas a partir de 1º de abril retomou as liberações às atividades econômicas e com a abertura de praias e parques para atividades físicas individuais. A realização de eventos segue proibida, assim como a atuação de barraqueiros de praia, por exemplo.

Tendência é de manutenção

Segundo apurou o Blog, a tendência é que pelo menos o atual formato de funcionamento dos serviços seja estendido (veja mais abaixo o que está em vigor), mas há possibilidade de ampliação das flexibilizações.

A expectativa é de que o anúncio do que valerá nas próximas semanas seja feito até a sexta-feira (23) pelo Governo de Pernambuco.

Fontes do Palácio do Campo das Princesas avaliam que o governo estadual começou a preparar o terreno para pelo menos prorrogar o atual decreto ao divulgar neste domingo um estudo da Organização Panamericana de Saúde (OPAS) em que Pernambuco e a Região Nordeste registraram as menores taxas de mortalidade por covid-19 do Brasil nos últimos 30 dias.

O estudo foi divulgado na última sexta-feira (16) pela OPAS, segundo o Governo do Estado, que reforçou os dados neste domingo.


Os dados da publicação foram analisados pelo governador Paulo Câmara e pelos integrantes do Gabinete de Enfrentamento ao Coronavírus, na manhã deste domingo (18).


“De acordo com o documento da OPAS, nos últimos 30 dias Pernambuco registrou uma taxa de mortalidade de 16,5 casos para cada 100 mil habitantes. Menos da metade da média nacional, que foi de 39,2 casos para cada 100 mil habitantes. Já a taxa de mortalidade da Região Nordeste ficou em 25,1 casos por habitante, bem abaixo das regiões Norte (29,1), Sudeste (42,8), Centro-Oeste (56,6) e Sul (55,7)”, afirma o governo, em nota.


“Ainda temos um longo caminho pela frente nessa batalha contra a Covid-19. No entanto, um levantamento como esse mostra que só uma combinação de ações como ampliação da rede de saúde com leitos de enfermaria e terapia intensiva, medidas restritivas e vacinação são capazes de reduzir a quantidade de vítimas da doença”, afirmou o governador Paulo Câmara.


Indicadores

A Secretaria de Saúde de Pernambuco registrou, neste domingo (18), 1.346 casos da covid-19 e mais 33 mortes pela doença.


O estado totaliza 382.164 casos confirmados e 13.212 mortes pela covid-19.


Neste domingo (18), a taxa de ocupação de leitos de terapia intensiva (UTI) para covid-19 estava em 96% na saúde pública do estado. Na rede privada, o índice estava em 87% neste domingo.


Atuais medidas

Desde o dia 1º de abril, Pernambuco entrou em um período de retomada das atividades, após quarentena que teve início no dia 18 de março e seguiu até o dia 31 daqueles mês. O atual plano de funcionamento das atividades econômicas:


Atividades econômicas funcionarão das 10h às 20h nos dias de semana, e das 9h às 17h nos sábados, domingos e feriados;

Aulas na rede privada desde 5 de abril e na rede estadual a partir de 19 de abril, das 6h às 22h, com capacidade de 50%, com cronograma gradual de retomada;

Celebrações religiosas autorizadas das 5h às 20h durante a semana e das 5h às 17h nos fins de semana e feriados;

Academias e similares poderão reabrir das 5h às 20h durante a semana e das 5h às 17h nos fins de semana e feriados;

Serviços de alimentação, lanchonetes, bares e restaurantes autorizados das 5h às 20h durante a semana e 9h às 17h nos fins de semana e feriados, com capacidade de 50%. Delivery, drive thru e pontos de coleta permitidos após as 20h durante a semana e 17h nos finais de semana;

Comércio varejista no centro e bairros poderão reabrir das 10h às 20h durante a semana e 9h às 17h nos finais de semana. Os estabelecimentos devem cumprir a determinação de um cliente a cada cinco metros quadrados no interior das lojas;

Escritórios comerciais e prestação de serviços poderão funcionar das 10h às 20h durante a semana e das 9h às 17h nos fins de semana e feriados, com capacidade máxima de 50% e distanciamento de 1,5 metro entre as estações de trabalho;

Shoppings centers e galerias comerciais seguem o horário da semana e finais de semana já determinados para o período, e devem respeitar a capacidade de um cliente a cada dez metros em circulação, e um cliente a cada cinco metros quadrados no interior das lojas.

Do Blog do Jamildo 

Social