Petrolândia Notícias: Veja relação dos municípios pré-selecionados para receber Escola Cívico-Militar

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

quarta-feira, 10 de março de 2021

Veja relação dos municípios pré-selecionados para receber Escola Cívico-Militar


Dos 27 estados da Federação, 25 já participam do programa do MEC. A proposta é implantar 216 escolas em todo o país até 2023. Foto: Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) divulgou, nesta semana, a lista das escolas que aderiram ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (Pecim), em 2021. Inicialmente seriam 54 vagas, mas um acordo entre o MEC e o Ministério da Defesa permitiu que a quantidade fosse ampliada para 74 instituições. O Distrito Federal e o Pará receberam 2 vagas cada um.

Dos 27 estados da Federação, 25 já participam do programa do MEC. A proposta é implantar 216 escolas em todo o país até 2023. Em 2020, 53 instituições de ensino aderiram ao programa.

O Pecim é um conceito de gestão nas áreas educacional, didático-pedagógica e administrativa com a participação do corpo docente da escola e apoio de militares federais e estaduais.

O objetivo é melhorar o processo de ensino-aprendizagem nas escolas públicas e se baseia no alto nível dos colégios militares do Exército, das polícias e dos Corpos de Bombeiros Militares.


Os militares desempenham tarefas de apoio enquanto que os professores e demais profissionais da educação continuam responsáveis pelo trabalho didático-pedagógico.

Militares no Governo Bolsonaro 

Um levantamento do Paraná Pesquisas mostra que 50% dos brasileiros dizem acreditar que a participação de militares no governo do presidente Jair Bolsonaro é positiva contra 36,4% que os veem como negativa.

A pesquisa foi divulgada nesta segunda-feira (8). Foi realizada de 25 de fevereiro a 1º de março de 2021, por meio de entrevistas telefônicas com 2.020 pessoas de 16 anos ou mais, moradoras de 194 municípios, das 27 unidades da Federação. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e a taxa de confiabilidade é estimada em 95%.

Militares no Governo

Positivo: 50%
Negativo: 36,4%
Indiferente: 7,8%
Não Sabem/ Não responderam: 5,8%
Influência dos militares no voto

Positiva: 40,3%
Negativa: 34,7%
Não influencia: 19,2%
Não Sabem/ Não Responderam: 5,8%
Risco de Golpe

Não existe risco de golpe: 62,1%
eleva o risco de golpe: 31,5%
Não Sabem/ Não respondem: 6,4%
Autoritarismo no governo

Governo mais autoritário com militares no governo: 49,8%
Não houve aumento de autoritarismo com militares no governo: 44,8%
Não Sabem/ Não responderam: 5,4%
Outra pergunta da pesquisa foi sobre a imagem das Forças Armadas e do governo Bolsonaro. Para 53,6%, a participação das Forças Armadas no governo federal não compromete a imagem dos militares. Também não há prejuízo para a imagem do governo a proximidade com os militares, de acordo com 55,1% dos brasileiros.

Do Portal de Prefeitura 

Social