Petrolândia Notícias: Ministro da Cidadania diz que auxílio será pago a partir de 5 de abril

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

terça-feira, 23 de março de 2021

Ministro da Cidadania diz que auxílio será pago a partir de 5 de abril

 

O novo ministro da Cidadania, João Roma Neto (Republicanos-BA), afirmou, nesta segunda-feira (22), que o novo auxílio emergencial será pago a partir dos dias 5 e 6 de abril.

A data para pagamento do benefício foi divulgada pelo ministro durante participação na rádio Bahia Notícias. Segundo o ministro, a pasta ainda trabalha para elaborar o calendário oficial de distribuição do auxílio.

“Mas já posso antecipar que o pagamento ocorrerá a partir do início de abril. Aproximadamente entre 5 e 6 de abril, já buscamos viabilizar o início do pagamento do auxílio emergencial”, disse à rádio baiana.

Segundo o ministro, o programa ofertará três valores diferentes: de R$ 150 para beneficiários que moram só; R$ 250 para famílias e R$ 375 às mulheres que são chefes de família. A estimativa do chefe da Cidadania é de que 46 milhões de famílias recebam o benefício, que será pago em quatro parcelas.

De acordo com o Ministério da Cidadania, os integrantes do Bolsa Família serão contemplados com o benefício conforme o calendário habitual do programa.

Ou seja, receberão as novas parcelas do auxílio, agora no valor de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375, a partir do próximo dia 16 de abril, de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

Em 2020, o auxílio emergencial teve parcelas de R$ 600 (ou R$ 1,2 mil no caso de mães chefes de família), por mês, para cada beneficiário. Projetado para durar três meses, o benefício foi estendido para um total de cinco parcelas.

Via PE Notícias






Social