Petrolândia Notícias: Grave colisão entre ônibus e BRT deixa vários feridos e motorista preso às ferragens na PE-15, em Olinda

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

segunda-feira, 29 de março de 2021

Grave colisão entre ônibus e BRT deixa vários feridos e motorista preso às ferragens na PE-15, em Olinda


Acidente entre dois ônibus aconteceu no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, Grande Recife - FOTO: DAY SANTOS/JC IMAGEM

Uma colisão entre um ônibus comum e um BRT na rodovia PE-15, no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, deixou pelo menos 11 feridos na manhã desta segunda-feira (29). O motorista de um dos coletivos chegou a ficar preso às ferragens. Todas as vítimas já foram retiradas do local.

Em imagens recebidas pela reportagem do JC, é possível ver o funcionário recebendo socorro, assim como alguns passageiros. O trânsito está lento na área, já que uma das faixas no sentido Paulista/Recife foi isolada. As vítimas são atendidas no chão. Muitos curiosos estão no local.

Segundo testemunhas, a colisão frontal teria acontecido após um dos ônibus tentar desviar de um pedestre que atravessava a rodovia. Os ônibus faziam as linhas Pelópidas/Conde da Boa Vista e Prefeitura do Recife/Pelópidas.

Acidente entre dois ônibus aconteceu no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, Grande Recife - DAY SANTOS/JC IMAGEM

Acidente entre dois ônibus aconteceu no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, Grande Recife - DAY SANTOS/JC IMAGEM

Acidente entre dois ônibus aconteceu no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, Grande Recife - DAY SANTOS/JC IMAGEM


Acidente entre dois ônibus aconteceu no bairro de Cidade Tabajara, em Olinda, Grande Recife - DAY SANTOS/JC IMAGEM

“Informações de transeuntes dão conta de que um cadeirante atravessava a via no momento em que o ônibus se aproximava. Para não atingi-lo, o motorista de um dos ônibus passou para a via de sentido contrário, mas houve tempo hábil para livrar a colisão”, relatou o capitão do Corpo de Bombeiros Ciro Camilo, que comandou o resgate das vítimas.

Há um desencontro no total de feridos. O Corpo de Bombeiros sustenta que foram 11, e que socorreu quatro pessoas. Por outro lado, o Samu afirma que socorreu oito. No total, daria 12. Ambas as corporações afirmam que estes foram os números repassados pelas equipes socorristas.

Segundo os Bombeiros, as quatro vítimas socorridas pelo Grupamento De Bombeiros De Atendimento Pré-Hospitalar estavam "conscientes, porém desorientadas". Dessas, duas vítimas teriam sido conduzidas para o Hapvida Derby, no Centro do Recife, e duas para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Olinda.

"Das 11 vítimas, destacamos como mais grave o condutor de um dos ônibus envolvidos. Com a colisão, houve o afundamento do painel do veículo, e o pé esquerdo dele ficou preso. Foi necessário o rebatimento desse painel para que ele fosse liberado e assistido, inclusive, por um médico do Samu", contou Camilo.

Do total de oito feridos que o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) Recife diz ter socorrido, seis foram levados para a UPA de Olinda, um para o Unimed, e outro para o Hospital da Restauração (HR), no Derby, Centro do Recife.

Por nota, o Consórcio Conorte, responsável pela linha de ônibus, afirmou que equipes de apoio operacional e gerencial do grupo se deslocaram ao local para prestar assistência às vitimas e operadores. Além disso, lamentou o acidente, e disse que as "causas da colisão vão ser apuradas".


Do JC OnLine

Social