Petrolândia Notícias: Suplente é investigado em tentativa de homicídio contra vereadora no interior da Bahia

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Suplente é investigado em tentativa de homicídio contra vereadora no interior da Bahia


A Polícia Civil investiga a participação do suplente da vereadora Veronice Romana, na tentativa de homicídio contra ela, na porta da casa onde a vítima mora, em Itapebi, no sul da Bahia. No último sábado (6), o órgão realizou buscas na casa e na fazenda do suspeito, mas ele não foi encontrado. Até a publicação desta reportagem, a polícia não tinha informações sobre o paradeiro do suplente.

A polícia afirma que uma das possibilidades é de que o atentado pode estar relacionado a ocupação do cargo de vereador, pois caso Veronice deixe a Câmara, o suspeito, identificado como Cristiano Pereira da Silva, poderá ocupar a vaga dela.

A tentativa de atentado aconteceu na última sexta-feira (5). Apesar do susto, a vereadora não ficou ferida. De acordo com a vítima, ela estava chegando em casa após uma caminhada, quando percebeu um carro parado com dois homens atrás dela. Um dos homens, que estava armado tentou atirar contra ela, mas a arma não disparou. A vítima suspeita que houve algum problema na arma de fogo.

Desde que tomou posse no dia 1º de janeiro deste ano, Veronice afirma que está sendo perseguida. Ela acredita que a tentativa tenha a ver com motivação política, no entanto, disse que não recebeu nenhum tipo de ameaça.

Após o depoimento da vítima, a polícia começou a investigar os interesses políticos como possível motivação do crime.

De acordo com a polícia, a esposa do suplente, informou para os policiais que ele havia acabado de tomar café e tinha saído. Entretanto, o órgão afirma que não havia vestígio que indicasse que ele realmente tomou café em casa.

O órgão contou em agosto de 2019, o investigado efetuou disparos de fogo durante uma discussão entre ele e a esposa. Na ocasião, o filho do casal, que tinha 12 anos, foi baleado.

Em julho do ano passado, segundo a polícia, Cristiano Pereira foi preso com um veículo roubado em Itagimirim, cidade que também fica no sul da Bahia. Nesse episódio, ele pagou fiança e encontra-se em liberdade condicional.

Os mandados de busca e apreensão foram expedidos pelo juiz, Otaviano Andrade de Souza Sobrinho, titular da Vara do Júri, Execuções Penais, Infância e Juventude da Comarca de Eunápolis.

Por G1/BA

Social