Petrolândia Notícias: Operação Lei Seca intensifica ações no período de Carnaval

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

domingo, 14 de fevereiro de 2021

Operação Lei Seca intensifica ações no período de Carnaval


A Operação Lei Seca (OLS) em Pernambuco iniciou as ações de fiscalizações de Carnaval neste sábado (13), período que iniciaria os dias de folia, para coibir a combinação de bebida e direção, autuando aqueles que descumprirem a lei. As operações serão intensificadas até a próxima quarta-feira (17) em diversas localidades do estado, principalmente na Região Metropolitana do Recife (RMR), Agreste e praias, que habitualmente são destino do público nessa época, além dos municípios que não suspenderam o ponto facultativo do período carnavalesco.

Em decreto, publicado no dia 7 de janeiro, o governo do estado proibiu a realização de shows, festas, eventos carnavalescos e similares de qualquer tipo, com ou sem comercialização de ingressos, em ambientes fechados ou abertos, públicos ou privados.

Entre as localidades que ganharão atenção especial da Lei Seca, além dos destinos tradicionais, haverá o reforço nas cidades que decidiram manter o ponto facultativo do Carnaval para seus servidores, na contramão da gestão estadual, que terá expediente normal durante a próxima semana, a exemplo de Bezerros, no Agreste, e Tamandaré, no Litoral Sul.

De acordo com a gestão estadual, as ações, que acontecerão em horários variados todos os dias, também visam evitar as aglomerações comuns no período momesco, que poderiam gerar um aumento nos casos da Covid-19 em Pernambuco. 

“O Carnaval é uma das festas mais tradicionais do nosso estado e que está na alma e no coração de cada pernambucano. Mas, neste momento, não temos como celebrar a festa, tendo em vista o risco de contaminação pelo novo coronavírus. Precisamos evitar aglomerações e ratificar a importância de manter o distanciamento social, além das medidas de higiene e de etiqueta respiratória. Vamos guardar a famosa irreverência dos pernambucanos para quando vencermos essa batalha contra a Covid-19. “, destacou o secretário estadual de saúde, André Longo. 

Via PE Notícias

Social