Petrolândia Notícias: Karol sobre o BBB: "Se eu soubesse que fosse entrar totalmente 'estragada', eu não teria entrado"

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2021

Karol sobre o BBB: "Se eu soubesse que fosse entrar totalmente 'estragada', eu não teria entrado"


Karol Conká concedeu entrevista a Ana Maria Braga na manhã desta quarta-feira (24) - Foto: Reprodução/TV Globo

A tradicional entrevista de Ana Maria Braga no Mais Você com o eliminado do Big Brother Brasil desta semana teve como entrevistada a cantora e rapper Karol Conká. A artista, marcada na vigésima primeira edição como vilã, foi eliminada com o maior índice de rejeição da história do reality - 99,17%. Na entrevista, Karol ponderou sua participação no programa: "Se eu soubesse que fosse entrar totalmente 'estragada', eu não teria entrado, o Brasil não merece esse tipo de entretenimento".

Karol Conká afirmou ter dormido bem durante a noite que antecedeu a entrevista, e que compartilhou a cama com sua mãe e seu filho. "Dormi não, cochilei por uns quarenta minutos", corrigiu. Além do tempo com a família, a artista disse ter visto as redes sociais e as impressões dos internautas. 

As reações do público nas redes sociais fizeram com que a rapper entendesse qual era a visão das pessoas sobre ela. Ela se comparou a vilãs famosas de novelas da TV Globo, como Carminha ou Nazaré - de "Avenida Brasil" e "Senhora do Destino" respectivamente. "Eu pretendo melhorar. A vilã que surgiu dentro de mim no programa não é real aqui fora", salientou.

Segundo a artista, a participação no reality mexeu com seu psicológico e "acabou despertando demônios" dentro dela, traumas que ninguém que estava no confinamento teria culpa. "Eu me passei, né, Brasil?! Preciso nem me justificar. Preciso reconhecer meu erro e mostrar disposição pra melhorar", declarou.

Questionada por Ana Maria sobre os possíveis motivos para que o público escolhesse a eliminar com um índice tão elevado de rejeição, Karol afirmou que suas atitudes teriam sido decisivas para avaliações negativas. A ex-sister acrescentou, ainda, que pediu para sair porque sentia remorso pelo que havia feito com os outros participantes. 

O episódio do conflito com a atriz Carla Diaz por causa de Arcrebiano, apelidado como Bil, também foi abordado. "Eu realmente acreditei que tava acontecendo aquilo. Infelizmente, eu acabei explodindo, não aceitando o fato de estar sentindo ciúmes ali naquela hora. Óbvio que é coisa de gente controladora", justificou Karol. "Fui totalmente boba, dissimulada", avaliou.

A cantora admitiu o erro e pediu desculpas ao Brasil, a Bil, a Carla e à família da atriz. Dentro do confinamento, Karol tentou reparar o erro pedindo desculpas e colocando a atriz no VIP, mas não teve muito sucesso. Já Arcrebiano disse não querer proximidade com a artista, mas pediu que as pessoas não sejam tão duras com ela, apesar dos comportamentos dela no BBB.

Conflitos com o ex-participante Lucas Penteado também entraram em pauta. "O que aconteceu foram coisas de antes. A gente já tava passando por algumas situações com o Lucas na casa e eu explodi", pontuou. 

A artista reconheceu que errou com o brother e pediu desculpas. Lucas publicou, após a eliminação de Karol, que deseja à ex-sister acolhimento. "O BBB é um jogo. Tudo é diferente, é em outra dimensão! Não desejo a ninguém o ódio e a violência. Quem repudia o que eu vivi, deve agir diferente. Desejo a Karol acolhimento, da família e de quem a ama, e desejo ainda mais aprendizado e recomeço! Todo mundo merece recomeçar", escreveu.

Quanto ao seu aliado dentro da casa, Nego Di, Karol se mostrou surpresa. O humorista disse ter se sentido usado e manipulado. "Em nenhum momento eu usei ele. Na verdade ali eu me senti inspirada", afirmou ela em relação à proximidade dos ex-participantes na casa que acreditavam que a visão de jogo de Nego Di era certeira.

"Ele não conseguiu assumir o que fez… Mas eu entendo", acrescentou, claramente magoada. "Eu saí de lá querendo ligar pra ele, falar com ele. Algumas pessoas me disseram que ele tava chateado comigo."

Apesar da mágoa, o humorista estendeu a mão para a artista. "Conta comigo, Karol! Estive com você lá dentro e aqui fora quero ajudar no que der, pois o que eu passei... Não desejo nem para o pior dos seres humanos", escreveu.

A cantora também declarou ter se arrependido do confronto com Camilla de Lucas e por ter gerado a briga entre Arthur e Gilberto. Ela comentou, de forma abrangente, os conflitos com os participantes: "Acho que causei perturbação na casa. Acho que acabei mexendo com a casa e deixando os outros tristes."

Karol afirmou ter problemas pessoais, que vieram à tona no reality. Disse, ainda, ter realizado um tratamento psicológico antes do confinamento, mas que não teria sido o suficiente. "Acho que isso não justifica [ter agido daquela forma]", ponderou.

A rapper se mostrou arrependida pela participação no BBB. "Se eu soubesse que fosse entrar totalmente 'estragada', eu não teria entrado, o Brasil não merece esse tipo de entretenimento." 

Questionada por Ana Maria sobre a sister Juliette e o sotaque da paraibana, a artista reagiu: "O lance com a Juliette foi porque ela falava em cima, não deixava ninguém falar." E declarou que depois passou a se entender e aprendeu a gostar da advogada.

Karol também demonstrou carinho pela sua aliada no reality Lumena. A ex-sister avalia que a proximidade entre elas pode tornar a psicóloga o próximo alvo, assim como outros que estavam do seu lado.

Projota, outro dos aliados da artista no confinamento, entretanto, não recebeu o mesmo carinho. Karol apontou o cantor e rapper como o vilão dentro da casa durante uma dinâmica similar ao Jogo da Discórdia no programa. "Ele é um querido, mas analisando o jogo… A casa sente ele como um vilão."

Ainda na mesma dinâmica, a artista avaliou Thaís como influenciável e Gil como fofoqueiro. Questionada sobre quem seriam os participantes fakes e vilões, ela mencionou inicialmente o próprio nome. Pressionada por Ana Maria sobre quem mais seria vilão, falou de Nego Di e Projota.

Karol reconheceu novamente seus erros na participação do reality e criticou a reação do público, afirmando que estão sendo hipócritas por terem julgado a artista por exceder os limites, mas também estão excedendo. O comentário faz referência à famosa cultura do cancelamento, que já rendeu à rapper a perda de mais de 300 mil seguidores no Instagram.

Ela disse, ainda, que errou, mas não cometeu nenhum crime. E reforçou: "Aquela vilã ficou lá dentro."

Quanto aos acertos dentro do confinamento, a cantora declarou: "A única coisa que eu mandei bem no programa, eu acho que foi a parte visual."

Por Paloma Xavier/FolhaPE

Social