Petrolândia Notícias: Homem salva vítima de acidente, se atrasa para o trabalho e é demitido

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

terça-feira, 9 de fevereiro de 2021

Homem salva vítima de acidente, se atrasa para o trabalho e é demitido

O autônomo Robsom dos Santos, de 35 anos, presenciou um acidente em uma rodovia de Bertioga, litoral de São Paulo. Imediatamente ele parou seu carro e foi ajudar a socorrer a vítima. Por conta deste contratempo ele se atrasou para o trabalho e, ao chegar na empresa, acabou demitido justamente por causa da demora.

O acidente aconteceu nesta segunda-feira (8) após o condutor do veículo fazer uma ultrapassagem. O motorista perdeu o controle do veículo e capotou na via, caindo em uma vala na área de mata lateral. “Eu vi tudo. Capotou umas cinco, seis vezes, só na pista”, relembrou Robsom em entrevista ao G1.

Apesar da demissão, ele disse não se arrepender da ajuda. “Me coloquei no lugar dele”, disse.

O autônomo, que estava em período de experiência na empresa, já tinha saído atrasado de casa, mas ao ver o acidente não pensou duas vezes antes de ajudar. Ele entrou na área de mata e viu o carro parcialmente submerso na água da vala. Preocupado com a possibilidade de a vítima se afogar, ele decidiu tentar tirá-la.

Santos conta que outros dois homens o ajudaram no resgate, alguns minutos depois de ele adentrar a área de mata. “Falei ‘oi, tudo bem? Tem gente?’. Aí ele falou ‘tem, eu estou sozinho’. Mandei ele tirar o cinto, para tirar ele, porque não conseguia virar o carro”, explica o autônomo.

Com o auxílio dos outros homens que desceram até o local, o rapaz foi retirado do carro e deixado ao lado do veículo, enquanto aguardava o resgate.

“Ele estava com muito medo, muito assustado, em choque. Quando vi que ficou bem, saí para ir ao trabalho”, relata. Segundo a Polícia Rodoviária, que foi acionada ao local, a vítima sofreu apenas ferimentos leves e passava bem, sendo encaminhada ao Hospital de Bertioga.

Por Correio24horas

Social