Petrolândia Notícias: Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

sábado, 16 de janeiro de 2021

Trump sairá de Washington horas antes da posse de Biden na quarta-feira (20)


Em montagem, Trump se despede da presidência enquanto Biden acena ao encontro dela - Foto: Jim Watson, Angela Weiss / AFP

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sairá de Washington, na próxima quarta-feira (20) pela manhã, horas antes da cerimônia de posse de seu sucessor, o democrata Joe Biden, reportaram vários veículos da imprensa americana nesta sexta-feira (15). 

Preocupado em não deixar a capital federal como ex-presidente, o republicano, que anunciou há vários dias que não compareceria à cerimônia de posse de Biden, voará antes do fim de seu mandato para seu clube Mar-a-Lago em Palm Beach, Flórida, onde tem a intenção de se instalar.

Depois de deixar a Casa Branca de helicóptero, Trump decolará da base aérea de Andrews, Maryland, em seu último voo a bordo do Air Force One.

Em Washington, uma cidade agora irreconhecível e transformada em um acampamento entrincheirado após os distúrbios no Capitólio, os preparativos continuam para a posse de Joe Biden, que se tornará o 46º presidente da história dos Estados Unidos na quarta-feira ao meio-dia.

A equipe do presidente eleito está divulgando detalhes dia a dia. Lady Gaga, a quem Biden chama de "grande amiga", cantará o hino nacional durante a cerimônia.

Mas a festa terá um sabor particular este ano: o "National Mall", a imensa esplanada em frente ao Capitólio, será fechada ao público.

Somente pessoas devidamente credenciadas poderão entrar nesta área onde, tradicionalmente, se reúnem centenas de milhares de apoiadores do presidente eleito.

Desde a tomada do Capitólio por partidários de Trump em 6 de janeiro, Washington tem estado sob vigilância pesada da polícia, com o apoio de milhares de militares.

A equipe de Biden e a prefeita de Washington, Muriel Bowser, pediram aos americanos que evitassem a área do Capitólio e o centro da cidade e assistissem à cerimônia de posse de suas TVs e computadores.

Casa Branca esvaziada

Em total contraste com Donald Trump, suspenso do Twitter e agora isolado na Casa Branca, o vice-presidente Mike Pence parece cada vez mais a pessoa no comando do governo.

Na quinta-feira, Pence parabenizou a futura vice-presidente Kamala Harris por telefone, revelou uma fonte à AFP nesta sexta-feira. Foi o primeiro contato em os dois políticos desde o debate de outono, em plena campanha eleitoral.

Pence também planeja participar da cerimônia de posse, que contará com a presença dos ex-presidentes Barack Obama, George W. Bush e Bill Clinton.

Após a cerimônia, Biden e os ilustres convidados irão ao Cemitério Nacional de Arlington para depositar uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido e fazer um apelo pela união do país.

Donald Trump é o primeiro presidente a desprezar a posse de seu sucessor em mais de 150 anos.

Depois de dois meses se recusando a reconhecer a derrota na eleição de 3 de novembro, Trump finalmente prometeu uma transição nos últimos dias, mas nunca parabenizou Biden.

A Casa Branca, por sua vez, vai sendo esvaziada rapidamente e muitos conselheiros de Trump já deixaram o local, levando documentos e lembranças.

As fotos de Trump viajando pelos Estados Unidos e pelo mundo, penduradas nas paredes da famosa West Wing, não estão mais lá. Nas grandes paredes vazias, apenas alguns ganchos permanecem, esperando a chegada de Joe Biden.

Por AFP

Social