Petrolândia Notícias: MPPE investiga se Cacique Marquinhos exerce cargo de prefeito sem tomar posse em Pesqueira

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

sexta-feira, 22 de janeiro de 2021

MPPE investiga se Cacique Marquinhos exerce cargo de prefeito sem tomar posse em Pesqueira

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) abriu um inquérito civil para investigar se o candidato eleito a prefeito de Pesqueira, Cacique Marquinhos, do Partido Republicanos, no Agreste de Pernambuco, está exercendo o cargo sem ter tomado posse.

Cacique Marquinhos foi eleito com 17.654 votos, mas ficou em sub judice. Ele está em processo de elegibilidade em curso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Através de nota, a 1ª Promotoria de Justiça de Pesqueira informou que recebeu, na última semana, através do Sistema Extrajudicial do MPPE (SIM), duas denúncias enviadas pela ouvidoria, relatando que o candidato a prefeito mais votado, ainda sub judice, estaria se apresentando como chefe do Executivo municipal. Uma visita foi realizada na terça-feira (19) pela 1ª promotora de Justiça da cidade, na sede do Executivo.

O prefeito eleito informou que respeita a decisão do MPPE e que cabe ao Ministério Público investigar. Ele disse que apenas acompanha o prefeito em exercício em alguns eventos, por serem do mesmo grupo político. Ele reiterou que entrou novamente com recurso e aguarda análise do supremo.

Já a Prefeitura de Pesqueira, por meio de nota, informou que segundo a promotora, a visita teria o intuito de flagrar Cacique Marquinhos exercendo o cargo de prefeito do município. O prefeito, Sebastião Leite da Silva Neto, mais conhecido como Bal de Mimoso, apresentou as dependências da sede administrativa do município. Na nota, a Prefeitura reforçou o compromisso de seguir a Constituição Federal e as leis que regem a sociedade, além de incentivar o cumprimento destas por parte de todos os cidadãos.

Do G1/PE

Social