Petrolândia Notícias: Herança Maldita: Presidente da Câmara de Vereadores de Petrolândia 'Dedé de França' denuncia que assumiu Presidência da Câmara com débito de mais de R$200 mil deixada por gestão anterior

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

sexta-feira, 15 de janeiro de 2021

Herança Maldita: Presidente da Câmara de Vereadores de Petrolândia 'Dedé de França' denuncia que assumiu Presidência da Câmara com débito de mais de R$200 mil deixada por gestão anterior

Presidente da Câmara de Vereadores de Petrolândia/Dedé de França | Imagem criada por Alex Santos

A redação deste blog recebeu uma denúncia da assessoria do atual presidente da Câmara Municipal de Petrolândia, Erinaldo Alencar (Dedé de França/MDB), onde o mesmo alega que o Vereador Joilton Pereira (PTB) - Ex-Presidente da Câmara dos Vereadores de Petrolândia-PE, deixou um débito para o exercício 2021/ 2022 no valor total de R$ 213,515,06 ( duzentos e dez mil, quinhentos e quinze reais e seis centavos) a pagar.

Vale esclarecer a sociedade o detalhamento dos débitos deixados pela gestão anterior.

Chefes de Gabinetes

Valor: R$11,660,92

Comissionados

Valor: R$33,597,67

Celpe

Cinco contas de energias atrasadas.

Valor : R$8,305,80

DESPESAS ORÇAMENTÁRIAS

Despesas e Restos a pagar

PASEP: R$2,980,00

INSS Patronal Dezembro: Valor: 36,457,77

INSS Patronal 13°/2020

Valor : R$36,539,80

Sub Total: R$75,977,57

DESPESAS EXTRA ORÇAMENTÁRIA

IRRF devido a Prefeitura

Valor: R$17,031,65

IRRF devido a Prefeitura Dezembro/ 2020

Valor: R$17,031,65

IRRF da folha de 13° /2020

Valor: R$18,218,37

INSS Servidores Dezembro/ 2020

Valor: R$14,651,71

INSS Funcionários 13/2020

Valor: R$16,998,06

Sub Total: R$83,973,11

Total: R$159,950,57 das despesas extras orçamentarias.

É importante esclarecer que o débito total deixado ficou de R$213,515,06 (Duzentos e treze mil quinhentos e quinze reais e seis centavos).

"Fui eleito prometendo uma gestão de transparência, prometi levar a Câmara a um novo rumo e assim estamos fazendo justamente com os novos Vereadores eleitos. As despesas emergências como as contas atrasada de energia da Celpe irei pagar,  caso contrário corre o risco  de cortar o fornecimento e pararmos o atendimento da casa do povo. Os demais débitos estamos vendo como proceder, aquilo que compete a minha gestão, farei o máximo para honrar dentro do limite prudencial, já que é a minha obrigação. Devo está pedindo um parecer técnico ao Tribunal de Contas do Estado para agir dentro da legalidade", destaca Dede de França - Presidente da Câmara Municipal de Petrolândia.

Por Redação | Informações: Assessoria de Dedé de França - Presidente da Câmara Municipal de Petrolândia


Social