Petrolândia Notícias: Guedes não descarta novo auxílio, mas não quer dar dinheiro para baile funk

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

quinta-feira, 21 de janeiro de 2021

Guedes não descarta novo auxílio, mas não quer dar dinheiro para baile funk

O ministro da Economia, Paulo Guedes, durante a cerimônia "Modernização de Normas Regulamentadoras do Trabalho" (22/10/2020)/Imagem: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, e técnicos da pasta já não descartam uma possível volta do auxílio emergencial. No entanto, essa possibilidade é vista como uma das "últimas alternativas" ao que eles apontam como "amplo cardápio de medidas". A avaliação que está sendo feita no momento é de que a recriação do auxílio emergencial —que custou R$ 294 bilhões aos cofres públicos - seria incoerente já que, diferente do momento em que houve paralisação de atividades, fechamento de comércios e serviços, agora as cidades estão funcionando 'normalmente'. 

As informações são da Economia UOL, veja a reportagem completa AQUI.