Petrolândia Notícias: Pesquisadores do IF Sertão-PE/Petrolina Campus Zona Rural distribuem produtos de prevenção a Coronavírus e a estresse

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

segunda-feira, 28 de dezembro de 2020

Pesquisadores do IF Sertão-PE/Petrolina Campus Zona Rural distribuem produtos de prevenção a Coronavírus e a estresse

Fotos: Teonis Batista/divulgação

Um projeto de pesquisadores do IF Sertão-PE/Petrolina Campus Zona Rural, intitulado ‘Plantas medicinais auxiliando na prevenção à Covid-19 e no enfrentamento da ansiedade e/ou estresse provocados pelo isolamento social’, realizado através da equipe do Horto Medicinal do campus, distribuiu 100 kits de produtos à base de plantas medicinais para a Associação de Mulheres do Assentamento Boqueirão, zona rural de Santa Maria da Boa Vista (PE), Sertão do São Francisco. A entrega marcou a finalização do projeto.

De acordo a coordenadora do estudo, Professora Dra.Flávia Cartaxo, a iniciativa foi aprovada no edital de apoio a projetos de Inovação para enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente da Covid-19, a serem executados por servidores do IF Sertão-PE. O objetivo era disponibilizar kits contendo ervas desidratadas, lambedor caseiro, balas, spray aromatizador de óleos essenciais, sabão medicinal (barra e líquido), aproveitando os potenciais imunoestimulantes e ansiolíticos das plantas.

“O estresse desencadeado por diversas tarefas da nossa rotina podem provocar ansiedade, resultar em uma noite mal dormida, até mesmo insônia, ou outros fatores. Com a pandemia, sabemos que os dias foram mais desafiadores. Segundo a literatura, as plantas medicinais são recursos naturais muito utilizados por apresentarem efeitos terapêuticos e serem uma alternativa de fácil acesso e baixo custo. Vale salientar que as plantas medicinais não curam a Covid-19, mas alguns sintomas podem ser aliviados através de seu uso”, afirmou um dos bolsistas do projeto, Teonis Batista.

Ao todo, durante sete meses de atividades, foram distribuídos mais de 200 kits, sendo produzido 50 litros de lambedor, 50 litros de aromatizantes para ambientes, 2500 balas de gengibre, 50 litros de sabão de piso com óleo essencial de eucalipto e 50 litros de sabão para mãos com óleo essencial de erva doce durante. Além do assentamento, a distribuição aconteceu também em Unidades Básicas de Saúde (SMS) de Petrolina, executada em conjunto com Secretaria Municipal de Saúde (SMS).

Muitas mãos

Além da coordenação da professora Flávia Cartaxo e da atuação dos professores Adelmo Santana e Vitor Lorenzo, o projeto contou ainda com o empenho de 12 bolsistas, estudantes do campus Petrolina Zona Rural: Teonis Batista, Yuri Tavares, Brena Gomes, Eloisa Mariano, Maria Aniele Lopes, Felipe Barbosa, Francisco Nogueira, Italla Mikelly, Matheus Viana, Gabriel Anastácio,Valmir Nogueira, Ryann Max, Ana Lúcia Borges, Emerson Souza e Jacqueline Brito.

Via Carlos Britto 

Social