Trending


CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

Social



segunda-feira, 9 de novembro de 2020

Bush parabeniza Biden e pede que americanos confiem em resultado


O ex-presidente republicano George W. Bush (2001-2009) marcou distância do presidente Donald Trump neste domingo e parabenizou o democrata Joe Biden por sua vitória na eleição para a Presidência dos Estados Unidos.  Trump ainda não reconheceu a vitória do democrata, que foi projetada pelos principais meios de comunicação americanos quando ele alcançou os mais de 270 votos necessários para vencer no Colégio Eleitoral.

Em um comunicado, o republicano, que disse ter ligado para Biden, afirmou que os americanos podem ter confiança no pleito, pois ele foi "fundamentalmente justo", "sua integridade será mantida e seu resultado é claro". Bush ainda fez um apelo por união no país. "Devemos nos unir pelo bem de nossas famílias e vizinhos, e por nossa nação e seu futuro", escreveu.

Bush, o único presidente republicano ainda vivo, também chamou o democrata de "um bom homem" que irá unir os Estados Unidos:

"Embora tenhamos diferenças políticas, sei que Joe Biden é um bom homem, que ganhou a oportunidade de liderar e unificar nosso país. O presidente eleito reiterou que, embora concorra como democrata, governará para todos os americanos. Ofereci a ele o mesmo que ofereci aos presidentes Trump e Obama: minhas orações por seu sucesso e minha promessa de ajudar no que puder", escreveu Bush.

O republicano parabenizou ainda o presidente Donald Trump por ter feito uma "campanha árdua" e pela "realização política extraordinária" de conseguir mais de 70 milhões de votos, se tornando assim um dos candidatos com a maior votação na História do país — atrás apenas de Biden, que teve 74,5 milhões.

A matéria completa está em O Globo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!