Trending


CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

Social



quinta-feira, 5 de novembro de 2020

17 Anos sem o Ex-Prefeito Dr. Simões; o político que deixou um marco na história política de Petrolândia

Homenagem aos 17 Anos sem Dr. Simões - Ex-prefeito de Petrolândia-PE


Ouça a faixa abaixo: 

Click no ícone redondo:

Vídeo com Dr. Simões Abaixo:



Último comício de Dr. Simões realizado em 2000: 

 

Trajetória

Francisco Simões de Lima, ou simplesmente Dr. Simões: uma legenda da vida pública em Petrolândia. Prefeito por três mandatos, vice-prefeito em outro, Dr. Simões nasceu em Calumbi, interior do Estado, e chegou à vizinha Paulo Afonso, onde foi professor, médico, secretário de Administração e de Finanças.

O trabalho do Dr. Simões rendeu à ele um convite para se candidatar a prefeito nas eleições de 1982. Disputou o pleito e venceu, sendo prefeito entre 1983 e 1986. Depois do mandato, o médico otorrino assumiu o posto de chefe da Casa Civil do Governo do Estado, na gestão de Miguel Arraes. 

Em 1993, foi eleito vice-prefeito e voltou à vida pública na cidade que escolheu para viver e criar seus filhos. A cidade pediu e Dr. Simões foi novamente prefeito entre os anos de 1997 e 2000, sendo reeleito para o quadriênio 2001 a 2003. Não chegou ao final do mandato, vindo a falecer no dia 5 de novembro de 2003, vítima de leucemia. Durante 25 anos, travou esta, que foi a mais árdua das suas batalhas. Em viagem aos Estados Unidos para tratar do câncer, despertou interesse dos médicos, que chegaram a estudá-lo e, para tentar descobrir como convivia há tanto tempo com a doença. Ainda vivo, Dr. Simões ganhou o apelido de Sangue de Leão. 

Em 2003, segundo pesquisa feita pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) seu governo tinha o invejável índice de 96% de aprovação, com 86% dos moradores considerando sua administração boa ou ótima. Para mais da metade dos petrolandenses (59%), Dr. Simões foi o melhor prefeito que o município já teve. Com certeza, Dr. Simões vai ser lembrado para sempre pela população de Petrolândia como um médico, político e administrador admirável por todos que fazem parte da saudosa Petrolândia.

Principais obras

Hospital Municipal de Petrolândia. Construção e Urbanização da orla, com calçadão e pista de cooper (Passarela de Eventos), Construção do Ginásio de Esportes 

Reforma, construção de vestiários e colocação de arquibancadas do Estádio Municipal Manoel Anísio da Mota "O Galegão".

Construção de escolas municipais (11 novas escolas).
Reforma, ampliação e equipamentos para outras 23 escolas.

Colocação de 200 mil metros quadrados de calçamento.

Início da construção do Parque de Vaquejadas Xodó de Vaqueiro.

Fundação da casa Criança Nutrida - distribuição de leite de gado.

Reforma e equipamentos do edifício-sede da Sec. de Educação, Cultura e Desporto, Sec. de Saúde e Saneamento e da Prefeitura Municipal.

Reurbanização da Vila dos Pescadores (construção casas populares).

Reforma do matadouro público.

Saneamento das quadras 09,10,11,12,13,14,15,16 e 17.

Implantação da rede de abastecimento de água potável nas quadras 10 a 17.

Reforma, ampliação e equipamentos para todos os Programas da Sec. de Ação Social)

Construção e equipamentos para a Biblioteca Pública

Reforma do Prédio Conselho Tutelar

Posto de Saúde Zona Rural

Posto Telefônico Zona Rural.

Homenagem do Prefeito Lourival Simões (Obs: homenagem criada aos 12 Anos sem o seu Pai Dr. Simões):

Há exatos 17 anos dava seu último suspiro Francisco Simões de Lima, Chico de Louro, Chico Simiola, Francisco, Dr. Simões... Com certeza onde estiver este homem que venceu todos os desafios que a vida lhe impôs, desde o nascimento em uma pequena cidade de Pernambuco, Calumbi, sua terra natal, uma infância pobre e humilde, saiu de sua cidade em busca de um sonho que era a medicina, sendo o primeiro de sua cidade a realizar tal feito. 

Foi chepeiro na Casa do Estudante, morou em pensão, dividia seu quarto com o irmão e o primo, para no futuro salvar vidas. Retornou da Capital Recife para o interior da Bahia, Paulo Afonso, para ficar perto dos seus pais e voltar ao seu Sertão. 

No final da década de 70 começou seu périplo pela região atendendo na Volta do Moxotó, entrou na política e fez bonito, como muitos ainda dizem, na velha Petrolândia, que ainda hoje deixa marcas em nossas lembranças, era tido como "forasteiro", porém amou esta terra e as pessoas que aqui vivem, se doou de corpo, alma e coração a servir a este povo que não era seu, porém ele soube amar e cativar a todos a sua volta, se tornando um filho ilustre, sempre digo que não escolhemos onde nascemos, porém escolhemos onde vamos passar o resto de nossas vidas. 

Ali nascia um líder, porque não dizer um mito. Respeitado onde quer que fosse e chegasse, enfrentou muitas batalhas ao longo da vida, porém jamais esquecendo o juramento que fez de "salvar vidas", e assim o fez ao longo de sua dura caminhada. Pai de muitos que aqui ainda estão e de tantos outros que já se foram... 

A sua palavra era certeira e ficará cravada em todos nós! Dizem que "o tempo é senhor da razão" e "que tudo cura", está ferida aberta há de cicatrizar algum dia, talvez para alguns até já tenha sido. Porém para aqueles verdadeiros amigos que ele construiu ao longo de uma vida sempre ficará aberta, porém não é uma ferida ruim, na verdade são recordações de momentos vividos, bons e ruins, que ao longo dessa caminhada fortaleceu os laços de carinho, respeito e admiração. O pai, o filho, o esposo, o irmão, o sobrinho, o sogro ou pura e simplesmente o amigo ainda hoje sentem a sua ausência meu querido pai. 

Momentos importantes da vida você não pode acompanhar, na política, na medicina, ou na nossas vidas, não pôde ver alguns dos seus netos, em especial os meus filhos, fico imaginando como seria se você estivesse aqui e pudesse ensinar aos meus filhos Luis Eduardo e Pedro Miguel o que me ensinou, eles carregam o seu sangue, são um pedaço que o senhor não pode ver na terra, porém sei que de onde estiver acompanha e acompanhará os passos deles que um dia foram seus.

Sentimos a sua falta, não apenas como Líder, como mourão, sentimos sua falta de conversar, de simplesmente lhe ver, queria apenas poder lhe ver e que visse meus filhos, sempre existirá um pergunta sem resposta para mim. 

Porém você deixou muito para gerações futuras que aqui estão nesse pedaço de chão, que se tornou "seu", está terra abençoada que tão bem nos acolheu, que fez todos nós se encantar até hoje. Nossa família hoje sente isso ao ver cada rosto desse povo que foi, é e sempre será seu, pois o amor que você tinha por eles não se acaba em uma vida, será SEMPRE eterno. O "Sangue de Leão" não pôde vencer a sua mais dura batalha, tombou na Terra para partir para Eternidade.

Deixou em nossa memória e em nossos corações os momentos que vivemos juntos. Sua ausência não estava no "script" da nossa vida, porém temos de continuar a vida, com as dificuldades que ela nos coloca e procurando em suas palavras ditas, ao longo de sua vida, tirando os ensinamentos para enfrentar os desafios que estão adiante. Descanse em paz meu guerreiro, meu herói, meu líder... Meu pai!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!