Petrolândia Notícias: Produtores utilizam abelhas para aumentar produção de mangas no Vale do São Francisco

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

quinta-feira, 8 de outubro de 2020

Produtores utilizam abelhas para aumentar produção de mangas no Vale do São Francisco

 

Os produtores de manga do Vale do São Francisco, em Pernambuco, estão colocando colmeias perto das plantações para aumentar a quantidade e qualidade das frutas. Outro benefício proporcionado pela união das abelhas e do fruto, é a produção de mel. A estratégia é chamada de consórcio de culturas.

Em uma plantação, com 12 hectares no N-3 do Perímetro Irrigado Nilo Coelho, os bons resultados tem sido constantes há cerca de dois anos. O segredo do sucesso são as 19 colmeias que ficam próximas das mangueiras.

“Antes a gente trabalhava com fertilizante. Se a fazenda produzia 50%, hoje está produzindo cerca de 90% através da polinização, e nós não usamos mais fertilizante nenhum, só abelhas”, destaca o trabalhador rural, Jairo Francisco de Lira sobre aumento na produção de mangas.

Na plantação do agricultor e apicultor, José Neuton da Silva, a expectativa é retirar 2.800 kg de mel em um ano. “As abelhas tanto aumentam a produção do fruto, quanto melhoram a qualidade. Ainda tem a produção do mel que aumenta nossa renda”.

O quilo do mel é vendido por R$ 24 e o da manga, por R$ 1,40 no mercado interno. De acordo com o engenheiro agrônomo, Pedro Ximenes, o mel que as abelhas produzem a partir das flores da manga tem uma cor mais escura. O sabor e as propriedades também são diferentes.

“Ele é um mel com o doce mais suave, tem características bastante interessantes, rico em ferro e bactericida natural. Recomendamos que substituam o açúcar pela utilização de mel porque ele é mais natural para população”, diz.

Via PE Notícias

Social