Trending


CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

Social



terça-feira, 27 de outubro de 2020

Petrolândia: “E peço mais uma vez a prefeita que amoleça o coração e dê aquela porcentagem dez ou vinte por cento da salubridade, porque ela também como funcionária da área da saúde ela entende que é necessário essa complementação”, declara o vereador Jorge Viana, durante Sessão na Câmara [Vídeo]

O vereador Jorge Viana (PSL), em seu discurso no Plenário Ver. Pedro Cavalcante da Silva, em Sessão Ordinária realizada no último dia 30 na Câmara Municipal de Petrolândia, entre outros assuntos, iniciou seu discurso falando sobre a aprovação do crédito suplementar para o Poder Executivo de mais de seis milhões de reais aprovado pela Câmara. 

Segundo Jorge, correram boatos de que se não houvesse a aprovação do projeto, o salário dos servidores estaria comprometido no mês de setembro. No entanto, ele disse que a Câmara agiu com responsabilidade na aprovação do projeto do crédito suplementar: “Muitas pessoas irão criticar a gente, presidente, porque nós, essa casa liberamos... liberar não, abrir esse crédito de seis milhões e cento e trinta e três mil, mas realmente é o papel do vereador. Se o gestor, pediu um orçamento pra ser gasto naquelas obras, pra pagar salários, pra comprar materiais e ela não gastar, aí sim, cabe a gente fiscalizar e é o que a gente vai fazer! enfatizou Jorge.

No entanto, Jorge Viana não deixou de apontar demandas para o Poder Executivo para o uso desse recurso suplementar. Ele disse: “Petrolândia precisa e eu tenho certeza que é de fundamental importância que os trabalhos continuem, que se tire os entulhos [...] a iluminação pública que ainda tá precisando de alguma coisa, mas eu tenho certeza que através desse recurso que vai ser liberado, dará pra fazer”.

Antes de finalizar, o vereador pediu um olhar especial da gestora com os profissionais da saúde e o pagamento da insalubridade em tempos de pandemia de Covid-19: “E peço mais uma vez a prefeita que amoleça o coração e dê aquela porcentagem dez ou vinte por cento da salubridade, porque ela também como funcionária da área da saúde ela entende que é necessário essa complementação” finalizou o vereador.

Acompanhe o discurso na íntegra:

 

Redação: Ronald Torres | Vídeo/Foto: Alex Santos

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!