CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

sexta-feira, 16 de outubro de 2020

Número de homicídios volta a crescer no mês de setembro em Pernambuco


Um dia após comemorar a queda no número de furtos e roubos em Pernambuco, a Secretaria de Defesa Social (SDS) confirmou o crescimento dos casos de homicídios no mês de setembro. No total, 288 pessoas foram assassinadas, um acréscimo de seis mortes na comparação com o mesmo período do ano passado. Estatisticamente, o aumento foi de 2%. 

Para a SDS, o aumento no último mês de setembro está associado ao crescimento das mortes violentas no Sertão do Estado. Nessa região, verificou-se crescimento de 43,75% (de 32 para 46) nos crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) comparando o último mês com o mesmo período de 2019.

O Agreste apresentou o recuo mais significativo, com queda de 13,41%, pois reduziu de 82 para 71 o número de vítimas. Na Zona da Mata, a queda foi de 12,7%: de 63 para 55 casos. Já nos municípios da Região Metropolitana, com exceção do Recife, a retração de 76 para 73 ocorrências resultou numa diferença de -3,95%.

“Fizemos um estudo que mostra que 56% dos homicídios nos municípios sertanejos são de proximidade, ou seja, por intolerância de diversas formas, violência doméstica e intrafamiliar, discussões em bares, festas ou brigas de vizinhos. A média geral do Estado, incluindo o Sertão, é de 28%. Ao contrário do que se verifica em outras regiões, onde há predominância da atividade criminosa e tráfico de drogas na motivação dos crimes, no Sertão há a agressão por impulso, o uso da violência como afirmação de força na comunidades”, disse, em nota oficial, o secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua. 

ANO DE VIOLÊNCIA CRESCENTE

Com exceção de agosto, todos os meses deste ano registraram aumento no número de homicídios neste ano. No total, 2.837 foram mortas no Estado entre janeiro e setembro deste ano. Foram 276 mortes violentas a mais do que o mesmo período do ano anterior. O aumento é de 10,8%.

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!