Trending


CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

Social



quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Explosão a banco derruba teto de agência e destrói caixas no 3º ataque em 20 dias em Salvador


Uma agência bancária da Caixa Econômica Federal, localizada na rua Álvaro Gomes de Castro, na região de Porto Seco Pirajá, em Salvador, foi explodida na madrugada desta quarta-feira (28). A agência ficou destruída, o teto caiu e vidros ficaram estilhaçados. Não houve registro de feridos.

De acordo com a polícia, cerca de 10 homens armados atuaram no ataque à agência. Cinco deles teriam ficado na parte de fora do banco e os outros cinco entraram para acionar os explosivos na agência.

Na fuga, eles abandonaram dois carros na região da BR-324, sentido Feira de Santana. Os veículos foram achados pela polícia e em um deles foram achados explosivos. O Batalhão de Operações Especiais (Bope) da Polícia Militar foi acionado para avaliar e, caso necessário, desativá-los.

Não há detalhes se o grupo conseguiu levar alguma quantia. Por meio de nota, a Caixa informou que o atendimento na agência está suspenso e que o banco está adotando as providências necessárias para reabertura da unidade.

Além disso, orientou aos cliente a acessarem os serviços do banco por meio dos canais digitais e de telesserviço. Para movimentação específica dos recursos do auxílio, FGTS Emergencial e do Benefício Emergencial (Bem), o banco orienta os beneficiários a priorizarem os serviços oferecidos no aplicativo Caixa Tem.

Uma perícia deve ser realizada para apurar a explosão na agência. As investigações são de responsabilidade da Polícia Federal, já que o banco é federal, mas o comandante geral da Polícia Militar da Bahia, o coronel Anselmo Brandão, se pronunciou sobre o caso informando que a quadrilha já foi identificada e que a polícia atua para a prisão dos assaltantes.

Além dessa agência da Caixa, outros dois bancos foram alvos de ataques na capital baiana. Essa foi a terceira explosão a banco em 20 dias. Na madrugada de 8 de outubro, assaltantes atacaram uma agência do Bradesco no bairro do Cabula e, no dia 20 deste mês, um grupo explodiu uma agência da Caixa localizada no bairro do Retiro.

O crime ocorrido no Bradesco, é investigado pela Polícia Civil.

Por G1/BA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!