CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Engenheira pernambucana é selecionada para bolsa de pesquisa financiada pela chanceler alemã Angela Merkel

Gabriela Duarte é engenheira ambiental e vai desenvolver pesquisa na Alemanha — Foto: Arquivo pessoal

A jovem Gabriela Duarte, de 27 anos, natural de Pesqueira, Agreste pernambucano, e formada em engenharia ambiental pela Asces-Unita, foi selecionada para participar do programa alemão ''German Chancellor Fellowship for tomorrow leaders'', fomentado pela fundação Alexander Von Humboldt e financiado diretamente pela chanceler da República Federativa da Alemanha.

O programa tem a finalidade de estimular o desenvolvimento das pesquisas de jovens promissores e profissionais em suas respectivas áreas, apostando neles para a resolução das problemáticas globais persistentes em nosso tempo. São 10 financiados no Brasil, China, Rússia, Índia e Estados Unidos. A madrinha da bolsa é a Angela Merkel, chanceler da Alemanha desde 2005.

A pesquisa da engenheira é sobre as práticas ecológicas e econômicas que fazem da Alemanha o país líder em política e tecnologia de resíduos, com foco em resíduos da construção civil, fazendo uma análise comparativa e desenhando um guia estratégico para o Brasil. Com o apoio da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) e orientação do vice-diretor da instituição no Agreste, Gilson Lima, Gabriela já está na Alemanha, onde irá passar um ano focando no desenvolvimento do projeto.

Ela escolheu Caruaru para ser a base e também a beneficiada da pesquisa. Um dos objetivos é obter maiores dados sobre os resíduos de construções civis (RCC) no município. Algumas universidades locais também se ofereceram para ajudar na coleta dessas informações.

''Essa pesquisa que estou desenvolvendo na área de resíduos de construções civis, envolve Caruaru como uma base do meu projeto, como sendo meu laboratório de estudo. E a intenção seria fazer uma pesquisa em conjunto no sentido de produzir artigos, trabalhos e fazer com que os alunos que estão hoje possam atuar também nessa área e participar um pouco do meu projeto'', ressaltou Gabriela.

Intercâmbio prévio e relação com Caruaru

Gabriela Duarte é engenheira ambiental e mora em Caruaru desde 2015 — Foto: Gabriela Duarte/Arquivo pessoal

Gabriela já havia sido selecionada pela prefeitura de Caruaru para participar de um intercâmbio na Alemanha, em 2015, aos 21 anos. Por ter que representar a cidade, precisou se estabilizar no município, então se mudou no mesmo ano. Mas vale destacar que sua relação com Caruaru vem desde 2012, quando ela iniciou seus estudos.

"Aqui fiz grandes amigos/irmãos, cresci profissionalmente e como pessoa também. A maior parte do meu amadurecimento foi em Caruaru. Hoje eu cuido e defendo a cidade como se eu tivesse nascido aqui. Conheço mais Caruaru do que o lugar onde nasci", salientou.

Em entrevista ao G1, a engenheira destacou algumas lembranças especiais que guarda com a Princesa do Agreste. ''Acho que a maioria dos meus sonhos eu realizei aqui: a primeira vez que andei de roda gigante na vida foi em Caruaru, durante o São João; minha primeira corrida subindo uma escadaria foi aqui, na escadaria do Monte Bom Jesus; e a primeira vez que fiz uma trilha de verdade foi em Serra dos Cavalos. Conheci meu amor aqui também, durante a faculdade, hoje faz mais de cinco anos que estamos juntos. Ele é do Recife, mas também virou caruaruense", concluiu.

*Sob supervisão de Joalline Nascimento

Do G1/Caruaru

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!