Petrolândia Notícias: Dois ex-prefeitos de Itacuruba, no Sertão pernambucano, são condenados de forma definitiva por crimes de responsabilidade

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

sexta-feira, 2 de outubro de 2020

Dois ex-prefeitos de Itacuruba, no Sertão pernambucano, são condenados de forma definitiva por crimes de responsabilidade


Os ex-prefeitos da cidade de Itacuruba, no Sertão de Pernambuco, Romero Magalhães Ledo e Gustavo Cabral Soares, foram condenados de forma definitiva pela prática de crimes de responsabilidade. Segundo decisão da Justiça Federal, os ex-prefeitos deixaram de prestar contas de recursos federais repassados pelo Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) ao município no ano de 2010.

Nas ações, o Ministério Público Federal (MPF) demonstrou que a verba de R$ 236 mil era referente aos programas de Proteção Social Básica e Especial (PSB/PSE) e Índice de Gestão Descentralizada (IGD). No entanto, de acordo com procedimento de tomada de contas instaurado pelo Tribunal de Contas da União (TCU), só foi encaminhada, fora do prazo, a documentação referente ao IGD.

O MPF reforçou ainda que, mesmo após a expedição, ao município, de nota técnica do MDS requerendo a regularização, a prestação de contas dos recursos do PSB e PSE não foram feita adequadamente pelos dois ex-gestores.

A Justiça Federal condenou Romero e Gustavo a três meses de detenção. A pena privativa de liberdade foi substituída por pena restritiva de direitos, consistente na devolução de dinheiro, que vai ser definida pela Justiça.

A decisão judicial que condenou os ex-gestores transitou em julgado, não cabendo mais recursos. Os réus também já haviam sido condenados na esfera cível, após ajuizamento de ação de improbidade pelo MPF.

Localizada no Sertão do São Francisco, a cidade de Itacuruba tem aproximadamente 5 mil habitantes. 

Via: Jc online

Social