Trending


CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

Social



segunda-feira, 26 de outubro de 2020

COLUNA 'BASTIDORES DA POLÍTICA': Campanha, alianças e articulações. Confira tudo o que aconteceu na política de Petrolândia e região nessa última semana


Nesta segunda-feira (26), lançamos a edição nº 8 da Coluna 'Bastidores da Política' sua coluna semanal política que você só vê aqui, no Blog Petrolândia Notícias. O seu resumo da política de Petrolândia e região.

Uma ótima leitura...

RENÚNCIA

Pra quem achou que 160 era um número muito alto de candidatos a vereadores e vereadoras de Petrolândia nas eleições desse ano, semana passada uma renúncia diminuiu esse número para 159. Maria Eunice da Conceição, mais conhecida como Eunice Xôta, do Podemos, renunciou a disputa ao cargo. O pedido de renúncia da candidata foi deferido no último dia 16 de outubro. Eunice Xôta que tem 55 anos era candidata da coligação "Petrolândia vai sorrir de novo" que apoia para prefeito o médico João Lopes (PT) e para vice-prefeito Lulão França (Avante). O Podemos agora tem 16 candidatos a vereadores e vereadoras pelo partido em Petrolândia, entre eles Chico Marceneiro, Cidinha de Zé Preto e Yandara Santana.

MAIORIA

Se a prefeita e candidata à reeleição Janielma Souza (PSB) vencer as eleições do próximo dia 15 de novembro, ela ficará no poder até 2024 e totalizará ao final do seu mandato 28 anos em que Petrolândia estará sob o poder de apenas um grupo político. Desde a vitória em 1997 do Dr. Francisco Simões de Lima, então candidato do PMDB à época, os Simões e os Souza se alternam no poder municipal, com exceção apenas de Ricardo Rodolfo, que renunciou ao cargo poucos meses depois de sua posse. No entanto, tamanha permanência no poder não é bem a vontade do povo de Petrolândia como muitos dizem por aí em ano de eleição, mas é uma contradição da nossa jovem democracia. Quem não se lembra de 2016 quando 11.916 eleitores que queriam o fim desse ciclo votaram em outros quatro candidatos, mas só 7.224 elegeram Ricardo? Dizem que aquilo sim é que foram votos de frente.

PESQUISAS

No jogo político referente às eleições, é bastante comum a divulgação de pesquisas eleitorais, pois através delas é possível ter uma noção estatística do cenário atual em sua cidade e servem também como termômetro para alavancar as campanhas dos candidatos. Mas um fato chama a atenção quando as pesquisas são divulgadas, o eleitor a favor do candidato que está à frente na pesquisa, diz que a mesma tem total credibilidade e mostra a real situação de seu município, porém, quando seu candidato não aparece à frente, esse mesmo eleitor que antes acreditava fielmente nas pesquisas, diz que não concorda, pois a pesquisa não tem credibilidade e não mostra a verdade de seu município. Tudo isso nos faz concordar em uma coisa que dizia Agamenon Magalhães, “a ilusão da política é pior do que a do amor”.

DINHEIRO NA CONTA

Mesmo com as regras estabelecidas na última reforma eleitoral sobre gastos com campanha política, as campanhas ainda custam muito caro, e boa parte desses recursos destinados aos partidos políticos são nossos, do contribuinte, nós é que pagamos a maior parte dessa conta. No caso de Petrolândia, alguns dos candidatos a prefeito começaram a divulgar os recursos recebidos no site de divulgação de contas do TSE. Até a publicação dessa Coluna, o candidato a prefeito João Lopes (PT) recebeu um total de R$ 33.121,56 para sua campanha. Desse valor, R$ 12.000,00 foram doações de pessoas físicas e os outros R$ 21.121,56 o médico recebeu do seu partido, o PT. O candidato Fabiano Marques (PTB) recebeu até agora R$ 59.250,00 pra gastar. Desse valor, R$ 30.000,00 vieram do Republicanos, partido da coligação de Fabiano, e os outros R$ 29.250,00 vieram do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB).

A FORÇA DA MULHER INDÍGENA

A indígena e candidata a vereadora de Petrolândia pelo PTB, Magna Batalha, têm corrido trecho em busca de votos. Aliada do candidato a prefeito Fabiano Marques (PTB), Magna que têm como reduto eleitoral a Aldeia Pankararu Entre Serras tem feito um intenso trabalho em busca de votos e divulgando suas bandeiras de luta caso seja eleita em 15 de novembro. Magna Batalha que também aposta no poder das redes sociais, cita constantemente como propostas criar mecanismos de proteção as mulheres indígenas contra a violência doméstica, desenvolver políticas públicas e sociais para os indígenas, representar os agricultores(as) familiares e os pequenos empreendedores. Há alguns dias, a candidata levou os candidatos Fabiano Marques e Rogério Novaes para um encontro com lideranças e militantes na Aldeia Pankararu Entre Serras. Essa semana, Magna também fez visitas na Agrovila 1 do Bloco 1.

ALIADO

O candidato a vereador pelo PSB, Cristiano Nunes, também está fazendo um trabalho de formiguinha em busca de votos. Aliado de todas as horas da prefeita e candidata à reeleição Janielma Souza (PSB), Cristiano que é morador da Agrovila 2 do Icó-Mandantes representa principalmente a luta dos trabalhadores do campo, em particular dos perímetros irrigados de Petrolândia. Cristiano critica o pula-pula de candidatos saindo constantemente da base da prefeita e conversando com eleitores diz que Janielma é a melhor alternativa para Petrolândia. Lá nos Mandantes e no Limão-Bravo a disputa de Cristiano por votos é principalmente com Fabrício do Ônibus, Cristiane Alencar, Chico da Peixe e Valda Alves, todos da oposição.

RECOMENDAÇÃO DO MP

O Ministério Público Eleitoral por meio do promotor de Justiça Eleitoral da Comarca de Petrolândia divulgou na última segunda-feira (19), recomendações aos candidatos, partidos políticos e coligações de Petrolândia visando a saúde pública durante a campanha eleitoral em tempos de pandemia de Covid-19. Entre as inúmeras recomendações, destacam-se investir em propaganda digital, evitar eventos que ocasionem grandes aglomerações como caminhadas e carreatas e evitar o contato físico entre as pessoas (beijo, abraço, aperto de mão, etc.). A não observância dessas recomendações poderá ocasionar o cometimento de crime, sujeito a multa que pode variar de 5.000,00 (cinco mil reais) até 25.000,00 (vinte cinco mil reais).

DECISÃO LIMINAR

Um dia depois dessas recomendações do MP aos candidatos, o Juiz Eleitoral Daladiê Duarte Souza concedeu uma decisão liminar determinando a todos os candidatos, partidos políticos e coligações partidárias de Petrolândia, que na linguagem popular, “parassem” de realizar bandeiraços, passeatas, caminhadas e comícios (salvo no formato drive-in). Em caso de descumprimento de alguma das determinações a multa individual será de nada mais, nada menos que R$ 50.000,00 (cinquenta mil reais). No caso das carreatas e motocadas, se os candidatos optarem por realizar, devem observar as restrições sanitárias e só serão permitidas desde que todos estejam em seus veículos e sejam respeitadas as normas sanitárias em vigor. A decisão do Juiz caiu como um balde de água fria para alguns candidatos, agora, a disputa que parou nas ruas foi parar nas redes.

PEDINDO LICENÇA

Os Ministérios Públicos Eleitoral e Federal recomendaram aos diretórios políticos das cidades de Jatobá, Petrolândia e Tacaratu que realizem consulta prévia aos caciques e lideranças dos povos locais, a fim de obter autorização para entrar e realizar campanha eleitoral em terras indígenas. Lideranças indígenas da comunidade Pankararu, alegaram ao Ministério Público Federal que a realização da campanha eleitoral no interior de terra indígena tem ocorrido contra a vontade da comunidade, especialmente em razão das regras de distanciamento social impostas pela pandemia. As lideranças solicitaram a intervenção do MP também com o objetivo de esclarecer aos partidos políticos que a entrada em terra indígena deve ser previamente autorizada pelos caciques da comunidade indígena e pelas lideranças da respectiva aldeia, conforme sua organização própria e com o prévio conhecimento da FUNAI.

Redação: Ronald Torres (colaborador e colunista do Blog PN) e Alex Santos (Repórter/Blogueiro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!