Trending


CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

Social



sábado, 31 de outubro de 2020

Andressa Urach conta que nem na prostituição se sentiu tão mal como na igreja


A apresentadora Andressa Urach resolveu contar em suas redes sociais um pouco sobre o período em que estava na igreja e como foi desgastante, apesar de afirmar saber que Jesus não tinha nada a ver com isso e que “a obra de Deus é feita por pessoas falhas“. Ela ainda afirmou que não costuma esconder esse tipo de situação.

“Nos últimos meses passei por uma decepção tão grande, que literalmente rasgou meu coração, não consegui nem estudar, vou ter que trancar a faculdade de jornalismo, pois não tenho cabeça para pensar sobre isso“.

A apresentadora dedicou os últimos seis anos da vida à igreja e conta que foi excluída de grupos, o que a fez se sentir como se tivesse “demônios” por deixar de fazer parte da instituição. “Acabei me sentindo como um objeto descartável, nunca me senti assim nem no tempo da prostituição“.

Atualmente, Andressa tem contrato com a Record do Rio Grande do Sul até março de 2021 e conta que depende financeiramente do salário: “Dependo financeiramente do meu salário e o mesmo vai até março do próximo ano. (Se eles não me demitirem até lá), como já fizeram da outra vez que estava em São Paulo quando desobedeci a orientação que recebi e casei com o pai do meu filho“.

Mas mesmo com todos os conflitos, ela afirma amar a igreja, mas que não consegue mais frequentar o ambiente que a estava afetando. Andressa também afirmou que precisa aprender a controlar a impulsividade e a raiva.

“Isso está me fazendo mal. Não quero e não vou voltar a ser quem eu era. Estou voltando aos meus tratamentos psiquiátricos, pois sou uma boderline controlada. Enquanto estava na igreja estava tudo sobre controle, mas agora que não estou mais indo na igreja, voltei a tomar uns remédios para me acalmar e controlar minhas crises de ansiedade que voltaram essa segunda-feira“.

Ela comentou ainda que tentou conversar com a igreja para eles devolverem as doações feitas nos últimos anos, mas infelizmente não obteve retorno ainda e não queria entrar na justiça.

“Não estou bem, estava vulnerável na época e não pensei no futuro do meu filho e muito menos no meu, estava em uma fase muito frágil e ainda estou, então vou voltar aos meus tratamentos“, concluiu a apresentadora.

Por Correio Braziliense


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!