CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

quinta-feira, 10 de setembro de 2020

Petrolândia, Floresta e Tacaratu: Valorizando a Pele dá vitrine à tilápia e ao couro do Sertão


Programa estadual foi realizado numa parceria coordenada pela Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco com o SEBRAE.

A Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq), em parceria com o SEBRAE e a Prefeitura de Petrolândia, concluíram, nesta quinta-feira (10), a última etapa do programa sertanejo que incentivou a produção e a comercialização de produtos derivados da cadeia produtiva da ovinocaprinocultura e da tilápia do Estado: o Valorizando a Pele. O evento restrito se realizou no município de Petrolândia, a 404 quilômetros do Recife. O projeto beneficiou diretamente 28 empreendimentos e indiretamente 140 pessoas, entre artesãos e pequenos fabricantes de calçados, que se profissionalizaram desde a confecção à venda de produtos derivados do couro.

A cerimônia restrita ocorreu num espaço aberto e ventilado, no Centro de Informações Turísticas de Petrolândia, com a presença do secretário do Trabalho, Emprego e Qualificação, Alberes Lopes, da gerente de empreendedorismo da Seteq, Irenilda Magalhães, e do chefe de gabinete da SETEQ, Roberto Galvão. Entre outros nomes, também estiveram na cidade, a diretora técnica do Sebrae, Adriana Corte Real, o gerente regional do Sebrae, José Henrique, a diretora de administração e finanças do Sebrae, Roberta Correia, e o secretário de Desenvolvimento Econômico municipal, Marcos Rogério Viana.

Segundo Alberes Lopes, nada como ver de perto o resultado final de um projeto. “Eu falo sempre da importância desses projetos continuarem, esse tipo de projeto chega a impactar as pessoas. Fiquei muito encantado com o que eu vi. Eu queria ver vocês, queria ver de perto, porque, quando a gente vê a necessidade, é diferente. Vocês fizeram e vão fazer ainda mais e a gente está do lado de vocês para avançar cada vez mais. Esse trabalho causa impacto nas pessoas”, destacou.

Os municípios que participaram desse programa foram Petrolândia, Floresta e Tacaratu, todos no Sertão. Os participantes do Valorizando a Pele aprenderam a aperfeiçoar, aprimorar, comercializar e inovar seus produtos, fortalecendo a cultura do couro, seja ela do bode ou da tilápia. De acordo com o secretário Alberes Lopes, o projeto coloca mais uma vez o Sertão na vitrine, mostra o potencial da região, incentiva o emprego e os empreendimentos locais.

Os artesãos participaram de cursos, palestras e oficinas e, nesta fase final, também puderam receber uma consultoria do SENAI de “Assistência Técnica em Design e Desenvolvimento de Novos Produtos”.

Representante da Associação Café com Arte, Fátima Belém, 62 anos, disse que há muito tempo lutava para adquirir uma melhor capacitação para seu empreendimento, que trabalha com o couro da tilápia, e o curso abriu esta oportunidade para jovens e adultos do Sertão de Itaparica. Segundo ela, sempre foi um sonho uma preparação deste tipo. “Este era um sonho nosso: de chegar a esse patamar que estamos aqui, com todos os protótipos e produtos. Enfim, apareceu uma grande luz que foi o projeto Valorizando a Pele, que fez esse trabalho maravilhoso e vai gerar emprego e renda para o nosso município”, contou Fátima.

A PARCERIA - De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico municipal, Marcos Rogério Viana, a parceria entre o Governo do Estado, a prefeitura e o Sebrae foi um grande diferencial. “O Sebrae ousou em sair na frente, transformando o que é analógico em digital. Para nós é um espelho”, disse Viana, mencionando todas as etapas do projeto, que envolveu a inclusão digital dos artesãos.

Para Henrique Malaquias, do Sebrae, a parceria foi essencial. “Tudo isso só acontece porque a Secretaria do Trabalho chega a ser um grande parceiro do Sebrae. A Secretaria entendeu o processo, interagiu e foi o elo fundamental do processo produtivo do Valorizando a Pele”, destacou o gerente regional.








Por ASCOM - Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação do Estado | Fotos: Patriny Aragão/Seteq

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!