CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

quinta-feira, 24 de setembro de 2020

Pernambuco mais perto do “novo normal”


O tão falado “novo normal” deve começar, em Pernambuco, no dia 9 de novembro, com a retomada de todas as atividades econômicas no estado. Quando anunciou a data, ontem, o secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach, deixou bem claro que a previsão depende da manutenção dos índices da pandemia da Covid-19 e que toda reabertura precisará seguir os protocolos de convivência com o coronavírus.

Ontem, o governo também anunciou mais um passo na flexibilização das atividades e que já a partir de hoje – exclusivamente para Caruaru, Recife e cidades da Região Metropolitana e municípios da Zona da Mata – com ampliação da carga horária (passando a operar das 6h até meia-noite) e da capacidade de lotação (de 50% para 70%) de estabelecimentos de alimentação, como restaurantes, lanchonetes, cafés, bares e similares.

Com a mudança, a distância obrigatória entre as mesas passa de 1,5 metro para 1 metro. Vale ressaltar que todas as regras para se evitar a disseminação do coronavírus, como a exigência de máscaras para os clientes que não estiverem nas mesas, continuam a valer e podem ser consultadas no site oficial www.pecontracoronavirus.pe.gov.br, na seção “protocolos setoriais”.

Na nova etapa, reabrem cinemas e teatros e podem ser retomados eventos sociais e culturais. Segundo Schwambach, com limite de público de até 100 pessoas ou 30% de ocupação do espaço, o que for menor.

Fernando de Noronha

O governo também anunciou que Fernando de Noronha passa para segunda etapa de retomada do turismo, com reabertura total da ilha, a partir do dia 10 de outubro. Segundo o administrador da ilha, Guilherme Rocha, os turistas que forem a Noronha terão que realizar o teste RT-PCR no dia anterior ou no dia no embarque e apresentarem o resultado negativo para desembarcar na ilha. Ainda segundo Rocha, também será obrigatório que o turista baixe no celular o aplicativo Dycovid. Por fim, no fim da viagem, o turista precisará se submeter a novo teste no aeroporto. “O resultado do teste não impede que ele saia de Noronha, mas colabora que se mantenha o vírus sob controle”, afirmou Rocha.

Calendário de reaberturas

A partir de hoje

Restaurantes, lanchonetes e cafeterias poderão funcionar com 70% da capacidade dos estabelecimentos na Região Metropolitana do Recife, Zona da Mata e parte do Agreste (regiões de Limoeiro e Caruaru). O horário de funcionamento foi ampliado até 0h.

Nas regiões de Afogados da Ingazeira e Ouricuri, voltam a funcionar escritórios com 100% da capacidade de funcionários e museus e espaços de exposição com novos protocolos.

A partir da próxima segunda-feira

Região Metropolitana, Zona da Mata e parte do Agreste (incluindo região de Caruaru) podem ter eventos sociais (festas, casamentos, batizados, aniversários) e eventos culturais (cinemas, teatros, apresentações e similares) com capacidade para no máximo 100 pessoas ou 30% da capacidade do espaço – vale o que for menor. O funcionamento deve ser das 6h à 0h.

A partir de 9 de novembro  

Todo o estado deverá estar na etapa 11 do plano de retomada, com todas as atividades econômicas permitidas a voltar a funcionar com protocolos de funcionamento e cargas específicas.

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!