Petrolândia Notícias: Mais 6 famílias da área rural de Inajá serão beneficiadas com a implantação do Sisteminha Embrapa, anuncia Cláudia Leal - Coordenadora da Associação PROVIDA

CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

terça-feira, 29 de setembro de 2020

Mais 6 famílias da área rural de Inajá serão beneficiadas com a implantação do Sisteminha Embrapa, anuncia Cláudia Leal - Coordenadora da Associação PROVIDA

A Coordenadora Cláudia Leal da Associação PROVIDA com apoio do Coletivo Voluntários do Bem, através do Programa Sisteminha Embrapa em intensa maratona nessa última semana visitou várias famílias em comunidades rurais de Inajá-PE,  afim de escolher seis(6) famílias que serão beneficiadas pelo programa com implantação do Sisteminha.

Durante a visita, Cláudia se surpreendeu com uma das comunidades de famílias em vulnerabilidade social que a mesma não conhecia. "Ao longo do meu trabalho achei que já tivesse encontrado todas as situações, mas hoje o destino me levou a esse lugar que até algumas horas atrás eu não sabia que existia. Em pleno século XXI ainda existem mulheres que que dão a luz em casa pela dificuldade de chegar ao hospital, água limitada, alimentação limitada, as vezes até falta, pessoas que vivem como se não existissem. Enquanto conhecia o local e meu coração doía, me lembrava do livro O 15 DE RAQUEL DE QUEIROZ , com certeza o dia de hoje jamais sairá da minha mente e a única certeza que tenho é que vou voltar", destacou Cláudia.

A meta é que o programa atenda mais famílias no próximo ano, já que a extensão das famílias estão acontecendo gradativamente. O Programa Sisteminha vem revolucionando a vida de várias famílias da zona rural. É alimento e renda para famílias que precisam. A ação é fruto de emenda parlamentares, e vem acontecendo em parceria com os deputados federais Gonzaga Patriota (PSB) e Sebastião Oliveira (PL).

Sobre

O “Sisteminha” constitui-se em um sistema integrado para produção de alimentos, desenvolvido para gerar segurança e soberania alimentar para seus usuários. O elemento central da solução tecnológica é a criação de peixes, em um tanque, com sistema de recirculação e filtragem. O sisteminha tem como principais vantagens o baixo custo de investimento inicial; É uma solução integrada, que pode ser facilmente adaptada às necessidades, experiência, preferências do produtor e condições edafoclimáticas e de mercado local; É apropriada para pequenos espaços (a partir de 100 m2), em áreas urbanas e rurais; e é uma solução dimensionada para atender às necessidades nutricionais de uma família de quatro pessoas, no atendimento às recomendações nutricionais da Organização Mundial da Saúde (OMS). A tecnologia é fundamentada em quatro princípios: 1) miniaturização, 2) replicabilidade, 3) escalonamento da produção, 4) segurança alimentar e nutricional. O tanque pode ser construído de forma artesanal, com materiais disponíveis na localidade (madeira, adobe, papelão, palha, pedra, pneu), de alvenaria, placas pré-moldadas ou outros materiais. O Sisteminha possui atualmente 15 módulos, sendo eles: 1. Produção de peixes, 2. Produção de ovos de galinhas; 3. Produção de frangos de corte; 4. Produção de minhocas; 5. Produção vegetal (carboidratos, hortaliças, chás e temperos; frutíferas e madeireiras); 6. Produção de composto; 7. Produção de ovos de codorna; 8. Produção de porquinhos da Índia; 9. Aquaponia; 10. Produção de larvas de moscas; 11. Produção de ruminantes; 12. Produção de suínos; 13. Biodigestor; 14. Sistema de tratamento de água potável; 15. Carvoaria artesanal. O Sisteminha não é uma tecnologia isolada em si, mas um “pacote” de soluções tecnológicas integradas, com muitas possibilidades de combinações. O módulo básico é a piscicultura e cada produtor adota os módulos disponíveis de acordo com seus interesses. A tecnologia desenvolve-se aos moldes da inovação aberta, com a forte participação dos beneficiários moldando o desenvolvimento e evolução da tecnologia. Esta solução tecnológica foi desenvolvida pela Embrapa em parceria com outras instituições.

Fotos:























Por Redação/Informações e fotos: Assessoria de Comunicação da Associação PROVIDA

Social