CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

terça-feira, 22 de setembro de 2020

INSS diz que mais 50 agências terão agenda para perícia nesta terça-feira


Mais 50 agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que foram consideradas aptas ao retorno do atendimento presencial da perícia médica terão agendas a partir desta terça-feira (22). Segundo a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, o total de agências aptas para a perícia é de 150.

Nesta segunda-feira (21), dos 486 peritos que deveriam ter retornado ao trabalho, 149 compareceram aos seus postos e foram realizadas 1.376 perícias presenciais, de acordo com balanço divulgado pela secretaria. Esses atendimentos ocorreram em 57 agências com perícia médica, das 100 que já estavam com a agenda aberta desde quinta-feira passada.

Após vistoria 108 unidades, a Associação Nacional dos Peritos Médicos Federais (ANMP), disse que os profissionais vão voltar em 87 agências nesta terça-feira em todo o Brasil. Já aqueles peritos das 21 unidades consideradas inaptas pela associação deverão se manter em trabalho remoto por risco sanitário.

Impasse

Desde a reabertura de parte das agências na segunda-feira (14), os peritos têm se recusado a retomar o trabalho presencial, alegando falta de segurança nos consultórios. O impasse entre a categoria e o governo afeta quase 800 mil pessoas que necessitam do atendimento, muitas vezes com urgência.

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco, afirma que as agências que foram liberadas a funcionar foram vistoriadas e atendem aos protocolos de segurança contra a covid-19, tanto de adequação do espaço físico como dos equipamentos exigidos para a segurança no atendimento.

Os peritos médicos decidiram fazer inspeções por conta própria nas agências do INSS desde segunda-feira (21) para voltar ao atendimento presencial. O governo afirmou que os servidores que não retornarem terão os dias descontados de seus salários.

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!