CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

terça-feira, 7 de julho de 2020

Líder do Governo na Câmara, Major Vitor Hugo é sondado para o MEC


Na busca por um sucessor do ministro da Educação, Abraham Weintraub, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) sondou, para o cargo, o seu líder na Câmara dos Deputados, Major Vitor Hugo (PSL-GO). De acordo com informações do jornal O Estado de S.Paulo, eles tiveram um almoço fora da agenda oficial nesta segunda-feira (06) para debater a educação na país.

No domingo (05), Bolsonaro ligou para o deputado federal para sondar a possibilidade e para combinar uma estratégia que não deixe as pautas ideológicas de lado, mas que tampouco cause problemas para o governo, como foi o caso de Weintraub.

Vitor Hugo é próximo ao presidente, faz parte da tropa de choque de Bolsonaro na Câmara e, na avaliação dele, teria boa recepção entre apoiadores para assumir o Ministério da Educação (MEC).

Desde a saída de Weintraub, Bolsonaro escolheu dois nomes que acabaram não se concretizando: primeiro, o do professor Carlos Alberto Decotelli, que teve seu currículo questionado após ser nomeado, mas teve que pedir demissão antes de ser empossado; depois, o secretário de Educação do Paraná, Renato Feder, que recusou o convite após ser rejeitado pela militância bolsonarista e pela ala militar.

A lista de possíveis ministros tem, ainda, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Marcus Vinícius Rodrigues; o professor de ciências políticas da Universidade de Brasília (UnB) Ricardo Caldas; o reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Anderson Correia; o reitor da Universidade do Oeste de Santa Catarina (Unoesc), Aristides Cimadon; o atual presidente da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Benedito Guimarães Neto; a secretária de Educação Básica do MEC, Ilona Becskeházy; e o ex-assessor de Weintraub, Sérgio Santana.

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!