CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

terça-feira, 16 de junho de 2020

Rompimento de Barragem inunda Barra de Guabiraba, no Agreste pernambucano


As chuvas que atingiram o Agreste pernambucano, neste fim de semana, provocaram o rompimento da Barragem Guilherme Pontes, em Sairé, nesta segunda-feira (15). As águas arrastaram plantações e construções, como muros, construídas ao longo de quilômetros. No fim da tarde, ruas e casas das cidades de Barra de Guabiraba e Cortês haviam sido atingidas pelo Rio Sirinhaém, no leito do qual foi erguida a barragem há cerca de 20 anos.

Com o rompimento da Guilherme Pontes, o volume de água em Sairé foi considerado o maior dos últimos anos. “Nunca foi visto esse volume de água aqui em Sairé”, disse o prefeito Fernando Pergentino, em vídeo postado nas redes sociais. Ainda, segundo ele, “infelizmente, por conta das chuvas, ela não aguentou”, tendo a prefeitura tem tomado comunicado a população ribeirinha do acidente e enviado alerta para as cidades vizinhas de Barra de Guabiraba e Cortês.

A noite ainda não havia informações sobre vítimas e perdas materiais. De acordo com o coordenador da Defesa Civil de Barra de Guabiraba, Nazareno Maranhão, a população ribeirinha foi alertada ainda pela manhã sobre a possibilidade de alagamentos. Ele estima que pelo menos 1.000 pessoas deixaram suas residências e precisaram se alojar em casas de parentes e amigos. “O grande volume de água da barragem ainda não chegou por aqui, mas as ruas estão alagadas e pelo menos 400 casas foram atingidas”, disse Nazareno.

A página do município no Facebook deixou um recado à população. “A Defesa Civil solicita aos moradores das áreas ribeirinhas que retirem seus pertences e sigam para a casa de parentes ou amigos”.

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!