CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

sexta-feira, 12 de junho de 2020

Mais um recém-nascido vítima da Covid-19 em Pernambuco


Nesta quinta-feira (11), Pernambuco registrou mais um óbito de recém-nascido pela Covid-19, uma menina de apenas de um mês de vida que faleceu na terça-feira (9), no Recife. Com isso, já são 22 mortes pela doença no Estado na faixa etária de 0 a nove anos de idade (incluindo dois natimortos), que responde por 248 dos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag). Esse óbito é um dos 102 notificados no boletim desta quinta, que destacou ainda 1.059 novos casos positivos, sendo 788 leves e 271 enquadrados como Srag. Dessa forma, o Estado totaliza 42.994 pessoas já expostas ao novo coronavírus oficialmente contabilizadas - 16.557 graves e 26.437 leves -, além de 3.633 mortes. Há ainda 119 óbitos considerados suspeitos em processo de investigação. 

Curas
Nesta quinta, foram notificadas 225 novas curas clínicas, subindo para 25.794 o total de recuperados em Pernambuco após contraírem a Covid-19. Desse total, 6.996 desenvolveram a forma mais grave da doença, enquanto 18.798 manifestaram sintomas leves. 

Graves
Entre os casos graves ativos, 1.015 evoluíram de forma positiva, receberam alta hospitalar e concluem tratamento em isolamento domiciliar. Outros 4.913 pacientes estão internados, sendo 4.650 em leitos de enfermaria e 263 em terapia intensiva - a ocupação dos leitos de UTI, porém, é maior, visto que há pessoas com quadro de Srag ainda sem diagnóstico fechado. Os casos graves confirmados da doença estão distribuídos por 166 municípios pernambucanos, além do Arquipélago de Fernando de Noronha e da ocorrência em pacientes de outros estados e países. 

Óbitos
Dos 102 óbitos (43 do sexo feminino e 59 do sexo masculino) notificados nesta quinta, 14 ocorreram ainda no mês de abril e 35 estão distribuídos pelos dias de maio. Outros 53 estão concentrados nos 10 primeiros dias de junho. Essas vítimas eram residentes nos municípios de Afrânio (1), Água Preta (1), Aliança (1), Arcoverde (1), Barreiros (3), Cabo de Santo Agostinho (4), Camaragibe (2), Carpina (1), Caruaru (3), Gameleira (1), Garanhuns (2), Glória do Goitá (1), Ipojuca (5), Jaboatão dos Guararapes (7), João Alfredo (1), Lagoa do Itaenga (1), Lajedo (1), Moreno (1), Olinda (1), Palmares (1), Paulista (2), Primavera (2), Recife (41), Ribeirão (1), Rio Formoso (2), São Bento do Una (1), Timbaúba (1), Vitória de Santo Antão (13). 

Além da recém-nascida, os demais pacientes tinham idades entre 21 e 99 anos - 0 a 9 (1), 20 a 29 (2), 30 a 39 (7), 40 a 49 (5), 50 a 59 (13), 60 a 69 (22), 70 a 79 (23), 80 ou mais (29). Dos 102, 24 apresentavam comorbidades confirmadas: doença respiratória crônica (5), doenças cardíacas ou vasculares (16), diabetes (14), obesidade (5), doença renal crônica (2) e portador de doenças cromossômicas (1) - um paciente pode ter mais de uma comorbidade. Os outros pacientes estão em investigação pelos municípios. 

Profissionais
Quase 28 mil profissionais que atuam no campo da Saúde, nas redes pública e privada, já foram notificados para testes após manifestarem sintomas de síndromes gripais. Até o momento, são 13.297 casos positivos e 14.328 negativos. Há ainda 120 amostras aguardando processamento laboratorial. 

Leitos
A rede de Saúde Pública de Pernambuco reúne, nesta quinta, 1.584 leitos destinados ao atendimento de pacientes com quadros suspeitos ou confirmados da Covid-19, dos quais 711 são de terapia intensiva e 873 são enfermarias. A ocupação média atual é de 75%, sendo 94% nas UTIs e 63% nas enfermarias.  

Por FolhaPE 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!