CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

domingo, 28 de junho de 2020

Familiares denunciam total abandono por parte do estado aos presos do presídio Dr. Edvaldo Gomes em Petrolina (PE)


Informações são de que na unidade prisional Dr. Edvaldo Gomes em Petrolina, falta assistência médica; há superlotação e muitos presos estão contaminados com o vírus da Covid-19.

Familiares de detentos que estão na Unidade Prisional Dr. Edvaldo Gomes, localizada na cidade de Petrolina, sertão do estado de Pernambuco, denunciam que há pessoas infectadas com a Covid-19 no local e que o governo do estado não está tomando as devidas providências. Varias pessoas que são familiares de detentos, entrou em contato com nossa reportagem em busca de socorro.

Também circula nas redes sociais vídeos de presos denunciando o descaso, ao tempo que pedem ajuda dos familiares e da população. Segundo gravação de um dos presos que cobriu o rosto para não ser identificado com medo de sofrer represaria, até a comida é racionada e tudo se torna cada vez mais difícil pra eles. Outro preso, disse que já cumpriu sua pena e até agora continua preso e não sabe por quê.

Pedido de socorro de um detento.


Familiares tem medo de se identificar e tornar as coisas mais difíceis para os presos, uma senhora que é esposa de um dos detentos disse que está com medo. “Meu marido tem problemas sérios de saúde, está em uma ala onde há presos diagnosticados com a Covid-19, ele tá com medo de ser infectado e ninguém toma providencia”, disse ela. Diante da situação, os relatos são de diversas violações de direitos humanos, que vão desde privação de atendimento médico a pessoas desmaiadas até a negação de medicamentos.

“Tem interno com os sintomas da Covid-19 em dois pavilhões e não foi feito os testes, todos estão apavorados e pedem pelo amor de Deus que as autoridades façam alguma coisa, ou então vai morrer muita gente”, Outra situação que revoltou os detentos e seus familiares, são as informações de que o estado teria se pronunciado dizendo que está tudo sob controle. 

Tanto os internos, quanto seus familiares contestam a informação. Todos esperam adoção de medidas urgentes, para garantir o direito à vida desses detentos.

Com a palavra o governo do estado

Via Didi Galvão

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!