CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

terça-feira, 2 de junho de 2020

Entenda as etapas de reabertura das atividades econômicas em Pernambuco


O Governo de Pernambuco apresentou, no fim da tarde desta segunda-feira (1º), o “Plano de Convivência com a Covid-19”, que prevê a reabertura gradual dos setores econômicos no estado. A flexibilização determina protocolos gerais de distanciamento social, higiene e monitoramento. Por isso, o uso de máscaras de proteção, a distância controlada de 1,5 metro entre as pessoas e a disponibilização de álcool 70% e local para lavagem das mãos são regras para gerais durante todo o tempo de implementação do plano.

O Plano de Convivência está dividido em 11 etapas categorizadas em 5 fases decrescentes. Confira:

FASE 4

Primeira etapa: 1º a 7 de junho

Varejo de bairro (delivery)

Varejo do centro (delivery)

Shoppings centers, centros de comércio e praças de alimentação (delivery)

Comércio atacadista (delivery)

Lojas de material de construção

Segunda etapa: 8 a 14 de junho

Construção civil (50% dos funcionários, das 9h às 18h)

Comércio atacadista (novos protocolos, das 9h às 18h)

Terceira etapa: a partir 15 de junho

Varejo de bairro/distrito (até 200m²)

Salões de beleza e serviços de estética (um cliente por vez, sem fila de espera e higienização entre um cliente e outro)

Shoppings centers, centros de comércio e praças de alimentação (delivery, drive thru e coleta, das 12h às 18h)

Eventos esportivos (treino de futebol profissional, sem torcida) 

Quarta etapa: sem data prevista

Serviços médicos, odontológicos e veterinários (um cliente por vez, sem fila de espera e higienização entre um cliente e outro)

Varejo de bairro (novos protocolos, das 9h às 18h)

Construção civil  (100% dos funcionários, das 9h às 18h)

Concessionárias/locadoras (novos protocolos)

FASE 3

Quinta etapa: sem data prevista

Feira e polo de confecção (novos protocolos)

Varejo de centro (até 200m²)

Shopping center (novos protocolos)

Eventos esportivos (jogo de futebol profissional, sem torcida)

Sexta etapa: sem data prevista

Serviço público (1/3 dos funcionários)

Serviços de escritório (1/3 dos funcionários)

Academias de ginástica e similares (Piscinas e locais com prática de esporte sem contato)

Sétima etapa: sem data prevista

Bares, restaurantes e lanchonetes (50% da capacidade)

Varejo do centro (novos protocolos)

Serviço público (50% dos funcionários)

Serviços de escritório (50% dos funcionários)

FASE 2: sem data prevista

Oitava etapa

Academias de ginástica e similares (50% da capacidade)

Serviços de escritório (100% dos funcionários)

Nona etapa: sem data prevista

Museus, cinemas e teatro (1/3 da capacidade)

Serviço público (100% dos funcionários)

FASE 1

Décima etapa: sem data prevista

Salões de beleza e serviços de estética (novos protocolos)

Academias de ginástica e similares (novos protocolos)

Serviços médicos, odontológicos e veterinários (novos protocolos)

Museus, cinemas e teatro (novos protocolos)

Eventos esportivos (com limitação de público)

Bares, restaurantes e lanchonetes (novos protocolos)

Feira e polo de confecção (novos protocolos)

Shopping center (novos protocolos)

Varejo de centro (novos protocolos)

Décima primeira etapa: sem data prevista

Eventos (novos protocolos)

Eventos esportivos (novos protocolos).

Esses “novos protocolos” devem ser definidos conforme uma nova etapa esteja próxima de ser implementada. Além disso, as datas previstas para a execução das primeiras etapas estão sujeitas à mudança. Isso porque a evolução do novo coronavírus no estado será avaliada semanalmente, com critérios técnicos e sanitários. Ou seja, essas fases e etapas podem ser prolongadas ou antecipadas, e o Governo poderá também adotar novamente restrições mais rígidas se for necessário para controlar a doença em Pernambuco.

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!