CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

segunda-feira, 15 de junho de 2020

Acompanhe a polêmica em redes sociais envolvendo a prefeita de Petrolândia Jane Souza e o pré-candidato a prefeito Dr. João Lopes


Nestas últimas semanas a população de Petrolândia, se deparou com vários ataques envolvendo a prefeita de Petrolândia, Janielma Souza (PSB) e o pré-candidato a prefeito Dr. João Lopes.

As polêmicas entre os dois se iniciou após uma live ao vivo que o médico fez nas suas redes sociais no dia 4 de junho, onde segundo um ofício protocolado a Prefeitura de Petrolândia, o mesmo tinha interesse em disponibilizar o Hospital e Maternidade IBVASF, para a administração do município, durante a pandemia do novo coronavírus. Além da Live foi divulgado uma Nota por Dr. João em suas redes sociais no dia 5 de junho, sobre o ocorrido; veja:

Dr. João tentou ajudar Petrolândia no combate ao COVID-19 e foi perseguido por esse motivo.

- Dr. João, através de ofício, oferece as instalações do hospital e maternidade IBVASF para a prefeitura de Petrolândia melhorar o combate ao coronavírus.

- Prefeitura de Petrolândia recusa ajuda do hospital IBVASF. A prefeita Janielma afirma que está no controle da situação e diz não precisar de nenhuma outra ajuda.

- Prefeitura de Petrolândia é notificada pelo CREMEPE por incapacidade de combate ao COVID-19. As denúncias vão desde falta de EPI, falta de leitos e até equipes incompletas.

- Prefeitura de Petrolândia, através da prefeita janielma Souza, após ofício do IBVASF oferecendo ajuda, PERSEGUE DR. JOÃO, como forma de retaliação, com intuito de TOMAR propriedades do médico.

🚨MENOS POLITICAGEM, MAIS SAÚDE🚨


A SAÚDE DO POVO DEVE ESTAR SEMPRE EM PRIMEIRO LUGAR!

Segundo a resposta do ofício, a Prefeitura respondeu que de imediato não precisaria de ajuda do IBVASF, podendo mais na frente solicitar a ajuda da unidade hospitalar.

Acompanhe a LIVE de Dr. João, acerca da situação:


Em seguida foi a vez da Prefeitura se manifestar, através de uma Nota de Esclarecimento à população. Segue:

Buscando restabelecer a verdade e manter a população sempre informada com os fatos como eles realmente são, a Prefeitura Municipal de Petrolândia, torna público todos os documentos referentes ao diálogo formal com o IBVASF, no tocante às medidas de enfrentamento ao coronavírus. 

Da mesma forma, o Governo Municipal também disponibiliza para conhecimento da população os documentos comprobatórios referentes à solicitação de desocupação da área municipal ocupada irregularmente e que está prejudicando o andamento da obra de Recuperação e Ampliação da Rede de Saneamento Básico do município, realizada em parceria com o Governo Federal, por meio da CODEVASF.  

Desta forma, a Prefeitura de Petrolândia reafirma o seu compromisso de zelar pelo patrimônio público e agir sempre com transparência com os seus munícipes, mantendo a verdade como pilar inegociável para a boa governança e para o bem-estar da população.

Na resposta da Prefeitura também foi disponibilizado todos os documentos em anexo:

OFÍCIO IBVASF

OFÍCIO RESPOSTA IBVASF

OFÍCIO SOLICITAÇÃO CODEVASF

DECLARAÇÃO DE REINTEGRAÇÃO

OFÍCIO A DR. JOÃO LOPES GONÇALVES

CERTIDÃO DE INTEIRO TEOR CLP

CERTIDÃO NEGATIVA DE ÔNUS CLP

Com o calor do momento, a prefeita Janielma Souza, também fez uma live ao vivo com o tema: "LIVE CONTRA FAKE NEWS" nas suas redes sociais, no dia 8 de junho, onde se defendeu das acusações de Dr. João, alegando que não dispensou o uso do hospital IBVASF; segue a live: 


Já no dia 9 de junho, foi a vez do renomado jornalista Magno Martins, entrar em ação com uma Nota Bomba no seu blog sobre o caso, onde a mesmo teve o título: Petrolândia: Pré-candidato do PT se apossa de área pública

O PT de Petrolândia tem protagonizado capítulos interessantes no Sertão do Itaparica, o pré-candidato a prefeito do município pelo Partido dos Trabalhadores, João Lopes, admitiu em live realizada no último dia 04 de junho que, há anos, “adquiriu” irregularmente uma grande área de terra pública por onde passa o sistema de esgotamento do município e onde está uma lagoa de recebimentos dos dejetos.

A área pertence ao município, doada pela Chesf, mas o pré-candidato não quer desocupar a terra e entrou na justiça para virar dono do patrimônio público. Por causa da insistência do prefeiturável, milhares de pessoas podem ficar sem saneamento básico.

O caso

A Codevasf está realizando uma obra de 15 milhões de reais, em parceria com a prefeitura, de recuperação e ampliação da rede de saneamento do município. Com a obra, o bairro Nova Esperança será contemplado e a comunidade passará a ter saneamento básico. Acontece que para que a obra aconteça, é preciso ampliar as lagoas de tratamento, onde justamente o pré-candidato ocupa a área onde passa o sistema sanitário. Ou seja, o município precisa da terra invadida para que a empresa contratada pela Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e Parnaíba – Codevasf, possa dar sequência a obra. Pelo visto o interesse público não é prioridade na plataforma de campanha.

Dando sequência a polêmica, Magno Martins no dia 12 de junho publicou mais uma nota sobre o caso, com o seguinte título: “A lei tem que ser respeitada”, diz pré-candidato de Petrolândia

Caro Magno,

Nem tudo é o que parece. E muitas manobras políticas acabam se transformando em verdadeiro tiro no pé. No caso da prefeita de Petrolândia, Jane Souza (PSB), a tentativa de imputar uma suposta irregularidade a mim, Dr. João Lopes Gonçalves (PT), que lidero pela oposição a corrida à Prefeitura da cidade em 2020, acabou revelando uma grave arbitrariedade por parte da prefeita e sua equipe: o flagrante desrespeito a ritos judiciais obrigatórios no Poder Executivo Municipal. Ou seja: a prefeita Jane Souza passou por cima da lei para tentar me atingir politicamente.

Em matéria intitulada “Petrolândia: pré-candidato do PT se apossa de área pública”, publicada na última terça-feira, com informações fornecidas pela própria equipe da prefeita Jane Souza, me acusavam de ocupar irregularmente um terreno na periferia de Petrolândia. A área, supostamente, seria destinada a um projeto de saneamento básico. Mas a prefeita omitiu uma informação fundamental: eu estou totalmente amparado pela Justiça, já que, há mais de 10 anos, sou autor de uma Ação de Usucapião (Processo Nº 355-95.2003.8.17.1120), na qual, defendo legalmente o meu direito de forma líquida e transparente. Ao contrário do que informou a prefeita, estou absolutamente dentro da lei.

Ao que parece, a prefeita Jane Souza, apesar de plenamente ciente da Ação Judicial, preferiu utilizar-se irregularmente da informação para fazer uso político do caso. Importa frisar que, na época da Ação de Usucapião, o Cartório de Registro de Imóveis de Petrolândia, em resposta a questionamento do juiz da Comarca, informou que não havia registros em seus livros referentes ao imóvel. Entretanto, a área questionada estaria dentro do Projeto Apolônio Sales, em terreno pertencente à CHESF. Essa declaração está devidamente anexada aos autos (Fls.14). No ano de 2004, mais precisamente no dia seis de janeiro, a CHESF doou o terreno à Prefeitura. Por motivos desconhecidos, não foi anexada a certidão negativa de Processos Judiciais, o que seria obrigatório no processo de doação do terreno.

Como se pode constatar, explicitamente pelas datas citadas acima, a doação ocorreu posteriormente ao ajuizamento da Ação. Atualmente, o processo encontra-se em fase de alegações finais, existindo pronunciamento da sra. prefeita, através da Procuradoria nos autos, não sendo possível a prefeita Jane Souza (PSB) alegar desconhecimento da demanda judicial.

Fato mais estranho (e que revela claramente o uso intencional, atabalhoado e ilegal do caso como instrumento de perseguição política) é que no último dia 28 de maio de 2020, a Prefeitura de Petrolândia me encaminhou o ofício 081/2020. No documento, informava que:

1) Por conta execução de obras para serviço de saneamento básico, seria necessário a execução de serviços dentro do terreno;

2) A prefeitura seria proprietária do imóvel e, para tanto, apresentou uma certidão de averbação expedida pelo Cartório de Imóveis da Comarca;

3) concedeu o exíguo prazo de 5 (cinco) dias uteis para liberação da área.

Não é com perseguição, com ilegalidade e com autoritarismo que fazemos política. Isso já passou. Vivemos em um Estado Democrático de Direito, onde, mais do que nunca, as leis são feitas para serem cumpridas por todos; seja quem for.

Cumpra a lei, senhora prefeita. Se há necessidade de desapropriação da área, que o faça nos parâmetros legais (Decreto Lei nº 3.365/1941). Mas não venha tentar usar de ilegalidades, de arbitrariedades e uso de documentos que não condizem com a verdade. Se precisa desapropriar, desaproprie a área por interesse público: siga os trâmites legais. Isso é o mínimo que a senhora deve fazer como prefeita: respeitar a lei!

João Lopes Gonçalves

Médico e pré-candidato à Prefeitura de Petrolândia pelo PT

Continuando por meio de redes sociais a discussão, a prefeita e o pré-candidato Dr. João Lopes, a gestora do município, encaminhou uma Nota Resposta ao médico - cirurgião, no Blog do Magno Martins no dia 13 de junho; segue o título: Jane Souza acusa novamente rival de burlar a lei

"Prezado Magno, 

Me surpreendi quando li em seu blog acusações tão descabidas e inverídicas dirigidas a mim pelo médico João Lopes, que se apresenta como pré-candidato a prefeito de Petrolândia pelo PT. 

Primeiramente, ressalto a minha indignação e estarrecimento diante da forma com que fui agredida com as palavras desse senhor. Em nenhum momento fiz uso político do assunto em questão, apenas utilizei as minhas redes sociais para apresentar a verdade ao povo do meu município. 

Na verdade, quem iniciou essa discussão e disse publicamente que estava requerendo na justiça a posse de uma área pública (o que não é permitido) foi o próprio João Lopes, expondo trechos de documentos protocolados por sua instituição, dirigidos à Prefeitura Municipal, e as respostas que enviamos oficialmente, como também a solicitação oficial de desocupação da área ocupada irregularmente por ele. Tudo isso pode ser visto através do link (https://www.facebook.com/drjoao65555/videos/956436258119370/) onde está disponível a live realizada em suas redes sociais. Portanto, de conhecimento público. 

Apenas após esse lamentável episódio que, além de tudo, mostra que a ética não é o forte desse senhor, fui a público de cara limpa e sem precisar mandar ninguém falar em meu lugar para defender a minha honra e os interesses de todos os petrolandenses.  

Todavia, não quero utilizar esse tão importante espaço de informação para fazer esse debate local, apenas, lamentar a postura agressiva que o sr. João Lopes usa numa nítida tentativa de confundir as pessoas. Talvez o fato de eu ser mulher o faça pensar que me intimida, mas, assim como fui de cara limpa mostrar a verdade ao povo de Petrolândia, também de cara limpa vou defender a minha honra e tudo aquilo que diz respeito aos munícipes que represento na condição de prefeita constituída. 

No mais, encaminho em anexo a nota de esclarecimento da Prefeitura de Petrolândia contendo todos os documentos apresentados pela metade ou omitidos pelo sr. João Lopes Gonçalves. Quanto a seguir o que versa a legislação, já faço e continuarei a fazer rotineiramente, no cumprimento dos meus deveres e para assegurar os meus direitos. 

NOTA DE ESCLARECIMENTO EMITIDA PELA ASSESSORIA DA PREFEITURA MUNICIPAL DISPONÍVEL NO LINK ABAIXO:


Jane Souza (PSB), prefeita de Petrolândia.

Continuando os capítulos de polêmicas em torno de uma suposta invasão de terras que Dr. João prova por meio de documentos que é de sua propriedade, e já a Prefeitura alega que essas terras é pertencente ao município, tendo em vista que foi emitido uma reintegração de posse para que o médico desaproprie no curto período de cinco dias, onde a prefeitura declara que precisará das terras para passar a nova rede de saneamento da cidade. 

O médico divulgou um novo vídeo em suas redes sociais ainda no dia 13 de junho, alegando que a prefeita está equivocada em suas colocações, e apresentou no vídeo divulgado várias provas e um áudio de um advogado, falando de forma jurídica sobre o caso. 

Nota:
SAIBA A VERDADE: Dr. João responde live da prefeita de Petrolândia.

Na última live apresentada pela prefeita Janielma Souza, a mesma utilizou de argumentos fracos e ataques fortes para tentar denegrir a imagem de Dr. João.

O médico, no vídeo de hoje, utilizando de provas documentais e embasado na lei, demonstra a realidade dos fatos e deixa claro, mais uma vez, a forma ardil como o grupo da prefeita Jane governa o município.


O povo conhece o passado e a índole de Dr. João, sendo impossível qualquer um tentar manchar a honra e a história desse médico de grande importância para Petrolândia e região.

Veja o vídeo:

Será que ainda terá cenas para próximos capítulos? Quem sabe...

O Blog PN Petrolândia Notícias, vem através desta reportagem buscar esclarecer a população sobre os fatos recentemente ocorridos entre a prefeita de Petrolândia, e o pré-candidato a prefeito Dr. João Lopes. Lembrando que sempre buscarmos levar informações relevantes a população, sem caráter partidário, dando ênfase a verdade dos fatos. Somos um veículo de informação independente, e visamos buscar notícias serias e contundentes para você leitor ou leitora. Agradecemos a sua audiência.

Por Redação/Informações: Assessoria de Dr. João, Prefeitura, Jane Souza e Blog Magno Martins

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!