CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

segunda-feira, 25 de maio de 2020

Trump restringe entrada para quem esteve no Brasil

O presidente norte-americano, Donald Trump, oficializou neste domingo (24) que vai proibir a entrada nos Estados Unidos de pessoas que estiveram no Brasil nos últimos 14 dias.

Em nota enviada pela Casa Branca, Trump informa que o Centro para Controle e Prevenção de Doenças  (CDC) determinou que o Brasil está “experienciando uma transmissão generalizada e contínua de pessoa a pessoa” do novo coronavírus. Segundo ele, o potencial de transmissão não detectada do vírus por passageiros vindos do país “ameaça a segurança do sistema de infraestrutura de transportes e a segurança nacional” norte-americana.

O presidente dos EUA diz ainda que o livre fluxo de comércio entre os dois países “continua sendo uma prioridade econômica para os Estados Unidos” e que ele continua comprometido em facilitar as transações.

Mais cedo, o conselheiro de segurança da administração americana, Robert O’Brien, havia dito em entrevista à rede americana CBS que o governo americano faria o anúncio ainda neste domingo. Segundo ele, funcionários da Casa Branca “esperam que [o bloqueio] seja temporário”.

Desde o início da pandemia, o governo americano já baniu voos vindos de mais de 30 países.

Na última semana Trump já havia levantado essa hipótese e dito que se preocupava que os norte-americanos fossem infectados por passageiros vindos do Brasil.

“Eu me preocupo com tudo, eu não quero as pessoas vindo aqui e infectando nosso povo. O Brasil está tendo problemas, não há dúvidas sobre isso”, afirmou.

O Brasil se tornou o segundo país com maior número de casos confirmados da doença no mundo, enquanto os EUA seguem sendo o epicentro da pandemia, com mais de 1,6 milhão de casos. 

Via PE Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!