CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

quinta-feira, 30 de abril de 2020

Secretário diz que paciente “não está curada” e critica equipe do HMPA por exposição de fotos nas redes sociais


Ao ser entrevistado na rádio do prefeito Luiz de Deus (PSD), na tarde desta quarta-feira (29), o secretário municipal de Saúde, Ghiaroni Garibaldi, criticou uma das equipes do Hospital Municipal de Paulo Afonso (HMPA) responsável por publicar imagens nas redes sociais, o momento em que a paciente com Covid-19 recebe  alta hospitalar.

Dona Dilma é a primeira paciente de Paulo Afonso infectada com o coronavírus, ela estava internada no HMPA e teve alta na tarde desta terça-feira, dia 28 de abril. Antes de deixar a unidade, a equipe do isolamento do HMPA fez o registro e as imagens logo se espalharam nas redes sociais. Nelas havia a seguinte mensagem: “A equipe do isolamento do HMPA lembra a todos que: assim como existe um vírus invisível que pode matar, existe um Deus invisível que pode curar e salvar, creia.”

Um dos membros da equipe aparece com uma foto do Dr. Carlos Tenório em homenagem ao médico diretor do hospital que, cuidando dessa paciente nos três primeiros dias consecutivos de sua internação foi também infectado pelo vírus e cumpre isolamento.

Todavia, mesmo as imagens da alta da paciente enchendo as redes sociais de manifestações de alegria, o secretário Ghiarone se mostrou muito aborrecido com a exposição, e despejou sua insatisfação em público na emissora de rádio.

Veja os trechos com as críticas:

NÃO ESTÁ CURADA

“Ontem, inclusive houve postagem a respeito de uma determinada situação, que estava curada, não está curada, aquilo está errado, aquilo não foi uma publicação oficial da secretaria de Saúde é feita através da Ascom, a gente não se pronuncia de forma aleatória. São pessoas que estão falando com voz própria, então essas pessoas assumam depois o risco…”

FIQUEI MUITO ABORRECIDO

“Isso é muito sério, dizer que tem cura de algo que a gente nem sabe o que é, é um negócio impressionante, e eu fiquei muito aborrecido com esse fato, fiquei muito aborrecido, porque assim  é dizer a pessoa que teve o coronavírus que ela pode voltar a ter uma vida normal, não é assim, ela vai ter que ficar em monitoramento durante mais 14 dias, depois desses 14 dias ele só pode sair com máscara, então assim, é uma fase de recuperação.”

Assista:


Via PA4/Ozildo Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!