CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

quarta-feira, 18 de março de 2020

Recife sem resposta da Anvisa. Maia fala em suspensão de voos

Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

A solicitação feita pela Prefeitura do Recife à Anvisa para que fossem suspensos todos os vôos internacionais a partir do próximo dia 20 não obteve resposta. O pleito estava entre as 10 medidas que o prefeito Geraldo Julio anunciou no último domingo no sentido de conter os impactos do coronavírus na Capital. A demanda foi protocolada na última segunda-feira (16).

A medida, adotada pelo gestor municipal, segundo governistas, inclusive, teria pego até o Palácio das Princesas de surpresa. Por lá, se observa que essa possibilidade ainda andava em estudo, quando o prefeito saiu na frente e anunciou. Detalhe: Antônio Barra Torres, presidente da Anvisa, é o que chegou a acompanhar o presidente Jair Bolsonaro nas manifestações do último domingo, quando o presidente apareceu e cumprimentou manifestantes, apoiadores e tirou selfies, descumprindo protocolos recomendados pelo Ministério da Saúde.

A Associação dos Servidores da Anvisa (Univisa) chegou a divulgar nota de repúdio à atitude do presidente. Ontem, o presidente da Câmara Federal, Rodrigo Maia, defendeu que o governo já deveria ter tomado medidas mais restritivas para minimizar as transmissões, incluindo a restrição de voos internacionais. Maia defendera o seguinte: "Acho que o governo já deveria ter fechado as fronteiras, já deveria ter restringido os voos internacionais, já deveria ter restringido a circulação das pessoas, principalmente nos Estados onde há projeção de problemas maiores como Rio de Janeiro e São Paulo”. A defesa que Maia em relação à restrição de voos coincide com a demanda apresentada pela Capital pernambucana e não atendida.

Ainda sobre aeroportos: Noronha fecha
Em coletiva, ontem, o governador Paulo Câmara confirmou mais um caso do novo coronavírus em Pernambuco. Com isso, chegam a 19 o número de pacientes infectados no Estado. Há um caso suspeito de Fernando de Noronha. O governador determinou o fechamento do aeroporto da ilha, a partir do dia 21, para o ingresso de turistas, de forma que também dê tempo das pessoas que estão lá poderem sair.

Com ou sem... > Sobre a injeção de R$ 147 bilhões na economia, anunciada pelo ministro Paulo Guedes, o deputado Danilo Cabral adverte que tratam-se de recursos que já estavam presentes no Orçamento. O socialista observa: "Na prática, não se tem nada de novo do ponto de vista de recursos. Todos os recursos que foram apresentados para esse enfrentamento são recursos que estavam presentes no Orçamento com ou sem corona".
...corona > Danilo prossegue: "O que o governo está fazendo é a antecipação de parcelas, que eu acho até importante, como o 13° de aposentados e pensionistas, daqueles que vão sacar o dinheiro do FGTS, abono salarial, mas não tem dinheiro novo”.
No pé... > O Ministro Paulo Guedes debateu, por duas horas, ontem, com os deputados Alessandro Molon, Tadeu Alencar e Elias Vaz, medidas sugeridas pelo PSB, que lhe foram entregues, para fazer frente aos efeitos do novo coronavírus.

...de Guedes > Entre as medidas, os socialistas defenderam a necessidade de proteção aos trabalhadores informais, que somam, hoje, em torno de 38,6 milhões de pessoas, e os vinculados aos setores afetados pelo distanciamento social.
Testando > Testando - O resultado do exame que o senador Fernando Bezerra Coelho fez para testar o coronavírus, tinha prazo de cinco dias para ser entregue, que se encerra hoje. 

Por: Renata Bezerra de Melo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!