CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

quarta-feira, 25 de março de 2020

Morte de jovem de 26 anos no Rio de Janeiro por novo coronavírus acende alerta sobre a doença; mãe denuncia demora no diagnóstico

Foto: Jooh Moore/Getty Images/AFP

A morte de um jovem de 26 anos com novo coronavírus (Covid-19), no Rio de Janeiro, acendeu um alerta sobre a doença na cidade. O rapaz, que não pertencia a grupos de risco, recebeu o diagnóstico da doença tardiamente e veio a falecer no último sábado (21).

Segundo a mãe da vítima, uma engenheira de 54 anos, o filho começou a apresentar os sintomas da infecção por coronavírus no dia 15 de março. Dias depois, o jovem teria sido medicado e dispensado. Ela também conta que procurou laboratórios que fizessem o exame para detectar a doença, mas não conseguiu agendar.

Ela acredita que a falta do diagnóstico do Covid-19 contribuiu para a morte do filho. “Acabei de cremar o corpo do meu caçula, um jovem saudável. A falta de diagnóstico levou meu filho. Se tivesse antes a confirmação da infecção pelo coronavírus, talvez ele pudesse ser salvo“, afirmou a engenheira ao site da revista Época.

Ainda de acordo com a mãe do jovem, o filho não apresentava doenças crônicas. Segundo a engenheira, ele teria tratado dos sintomas, como falta de apetite, mal-estar e febre de 38 graus, fazendo uso de analgésicos em casa durante quatro dias. Sem apresentar melhora, o rapaz foi até o Hospital Badim, localizado na zona norte do Rio, onde recebeu medicação e foi liberado. No sábado (21), o quadro do jovem piorou. Ele voltou ao hospital, foi entubado e passou a respirar com ajuda de aparelhos. Ele faleceu após uma parada cardíaca. 

Fonte: Diário de PE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!