CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CODIGO ADSENSE SITE RÁPIDO

segunda-feira, 30 de março de 2020

Carreatas anticonfinamento e pró-Bolsonaro se repetem pelo país

Carreatas contra isolamento social se repetem no Brasil/ Foto: Reprodução/ Twitter

Os manifestantes repetiram neste domingo (29) carreatas em algumas cidades do Brasil pedindo a suspensão de medidas anticonfinamento (como fechamento de comércio e escolas) adotadas por alguns estados em meio à pandemia do coronavírus.

As carreatas chegaram a ser criticadas pelo ministro Luiz Henrique Mandetta (Saúde) e impulsionadas por discurso do próprio presidente, uma das carreatas passou por grandes avenidas de São Paulo, como a Av. Paulista.

Outra capital que registrou carreata foi Salvador, na Bahia. O grupo de manifestantes pedia a volta do funcionamento do comércio e o fim do isolamento social. O buzinaço durou cerca de duas horas.

Outro ato foi realizado ainda no sábado (28), em Caruaru (PE), que teve buzinaço pelas principais ruas da cidade. Assim como em Salvador, os manifestantes pediram o fim das medidas estipuladas pela quarentena.

No Recife, a carreata não aconteceu após o procurador geral de Justiça em Pernambuco, Francisco Dirceu Barros, afirmar que iria recomendar aos promotores de Justiça o acionamento da Polícia Militar para apreender veículos que participarem da manifestação.

“Existe um crime no artigo 267 do Código Penal que é ‘infringir determinação do poder público destinada a impedir a introdução ou prorrogação de doença contagiosa’. Na medida que você vai fazer passeata num momento critico como esse, você esta descumprindo uma determinação do poder público”, explicou.

O número de mortes pelo novo coronavírus no Brasil subiu para 136 nesse domingo, segundo dados do Ministério da Saúde. Em 24 horas, 22 pessoas morreram em decorrência da Covid-19. O país registra 4.256 casos da doença.

Via Site Portal de Prefeitura 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!