CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

quinta-feira, 8 de agosto de 2019

Canadenses denunciam suposta fraude na licitação da Secretaria de Educação de Pernambuco no programa ‘Ganhe o Mundo’


A Associação de Escolas Públicas do Canadá enviou nova carta ao Secretário de Educação de Pernambuco, Fred Amancio, afirmando ter tomado conhecimento de que os sócios da empresa 2G Turismo participaram da licitação do Programa Ganhe o Mundo de 2019-2020 com outra empresa, a You Turismo, e ganharam lotes de vários países, dentre os quais os do Canadá. Na carta, a Diretora da Associação, Bonnie McKie, leva ao conhecimento do Governo do Estado que os sócios da You Turismo são Jameson Pereira do Nascimento e Gladson José Alves do Nascimento, que deixaram uma dívida de $ 2.000.000,00 (dois milhões de dólares) com 9 escolas canadenses.

A Diretora Executiva canadense informa ao Secretário de Educação que os problemas causados pela agência 2G Turismo vão além da dívida milionária deixada com as escolas. Ela afirma que a empresa levou estudantes ao Canadá em 2018-2019 sem os documentos exigidos para a entrada no país, como cartas de aceitação das escolas canadenses e documentos de custódia (que significa que uma família hospedeira se responsabiliza pela guarda dos estudantes menores). 

Além disso, a Diretora diz que a 2G Turismo deixou estudantes menores de idade sem assistência no Canadá. Os alunos embarcados no ano passado pela empresa ficaram também sem receber as bolsas intercâmbio. Bonnie McKie afirma ainda que espera que o Governo de Pernambuco adote medidas corretivas para garantir que os 460 estudantes intercambistas que vão para o Canadá não sejam enviados pela empresa You Turismo. 

Carta dirigida ao governador Paulo Câmara com cópia para o embaixador do Canadá:

Além da carta, a Associação encaminhou e-mail endereçado ao Secretário Fred Amancio, com cópias para o Embaixador do Brasil, Denis Pinto, o Embaixador do Canadá, Riccardo Savone, o governador Paulo Câmara, a vice-governadora Luciana Santos, dentre outros. Essa não é a primeira vez que a Associação de Escolas Públicas do Canadá externa a sua preocupação com problemas causados pela empresa 2G Turismo ao Governo do Estado. Em março, a Diretora Bonnie McKie já tinha enviado um e-mail ao Governador Paulo Câmara sobre os problemas causados na edição de 2019-2020, mas não obteve resposta. A Associação de Escolas Públicas do Canadá já comunicou ao Secretário que os seus membros não matricularão os 460 estudantes pernambucanos selecionados do Programa Ganhe o Mundo 2019-2020, se a You Turismo for à empresa escolhida pelo Governo do Estado. 

Por causa dos problemas causados, o Governo de Pernambuco aplicou várias penalidades à empresa 2G Turismo, que não pode participar de licitações e nem contratar com o Estado. Para burlar as penalidades recebidas, Jameson e Gladson Nascimento entraram na licitação com outra de suas empresas. Eles são sócios das seguintes empresas: 2G Turismo & Eventos Ltda., You Viagens e Turismo Ltda., R R Travel Turismo Ltda., PCF Agência de Viagem & Turismo Ltda., SCT Agência de Viagem e Turismo Ltda. e SCR Agência de Viagem e Turismo Ltda.

Resposta da 2G Turismo 

Em nota oficial assinada pelo Diretor Jameson Nascimento, a empresa 2G Turismo afirma que “Lamentavelmente, os preços praticados na execução das últimas remessas de estudantes ao exterior se revelaram insuficientes para fazer frente às inúmeras obrigações decorrentes dos contratos firmados com o Estado de Pernambuco. Essa situação se agravou pela persistência da crise econômico-financeira que assola o país e da alta do dólar, moeda pela qual está atrelada a maior parte dos custos contratuais. Ainda assim, a 2G decidiu dar seguimento à execução do contrato, enviando todos os alunos para os destinos contratualmente previstos”. 

Via PE Notícias/Blog de Noélia Brito


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!