CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

quarta-feira, 21 de agosto de 2019

As dificuldades que o PSL encontrará no Nordeste


O PSL terá um longo caminho no Nordeste se quiser aproveitar a presidência de Bolsonaro (PSL) para crescer na região. Pernambuco é um exemplo dessa dificuldade. Basta dizer que o partido tem apenas uma Prefeitura no Estado: Araripina. E o prefeito, Raimundo Pimentel (PSL), apoiou Ciro Gomes (PDT) em 2018. O apoio ao pedetista foi uma decisão pessoal do político sertanejo que não estava disposto a defender Bolsonaro.

No 1º turno, Haddad venceu com 64% dos votos em Araripina. Bolsonaro ficou em terceiro. No 2º turno, o petista chegou a 82% dos votos por lá, a única cidade do PSL. Caso não consiga convencer políticos que tenham mais experiência local, será difícil se apresentar por aqui.

No Recife, a presença de Mendonça Filho (DEM) durante o evento de filiação do PSL pode dar uma pista. Mendonça tem andado como candidato e negado que esteja em campanha, igual candidato. Pode ser uma boa opção para Bolsonaro.

O DEM, hoje, é praticamente o partido do governo, pelo número de ministros e influência. Pavimentaria bem os planos de Gilson Machado (PSL) que hoje está na Embratur e já é comentado como “o candidato de Bolsonaro para o governo de Pernambuco em 2022”. Claro, se o DEM ainda estiver com Bolsonaro em 2022.

Via PE Notícias




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!