CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES ATUALZADO

JAQUES ATUALZADO

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

sexta-feira, 7 de junho de 2019

Mulher morre em Petrolina com suspeita de chikungunya e é confundida com vítima de H1N1

Almiza Francisca da Silva faleceu na UPAE, com suspeita de chikungunya. (Foto: Arquivo pessoal)

A triste notícia da morte de uma paciente por suspeita da gripe H1N1 em Petrolina, quinta-feira (6), movimentou as redes sociais e, de forma precipitada, internautas divulgaram a foto de outra pessoa. Diante da repercussão, familiares entraram em contato com este Blog para esclarecer o caso.

Almiza Francisca da Silva, de 46 anos, faleceu na madrugada de ontem na Unidade de Pronto Atendimento e Atenção Especializada de Petrolina (UPAE), onde a princípio estava sendo tratada por suspeita de virose.

“A morte dela nada tem a ver com H1N1, a suspeita é que tenha sido chikungunya. Ela estava na UPA e chegou a fazer exames para comprovar se seria chikungunya, mas antes disso ela sofreu uma parada cardíaca e infelizmente faleceu”, revelou um familiar.

A confusão com a troca de fotos iniciou em grupos de WhatsApp, quando a foto de Almiza Francisca foi divulgada como sendo de Nadjilla Francilene Lopes Furtado, de 38 anos, que faleceu com a suspeita de que tenha sido vítima da gripe H1N1.

Via Carlos Britto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!