CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Recuperado de problemas de saúde, Gonzaga Patriota retoma rotina na Câmara com críticas à reforma da Previdência


Restabelecido recentemente de sérios problemas de saúde, o deputado Gonzaga Patriota (PSB-PE) retomou sua rotina na Câmara Federal com duras críticas à Reforma da Previdência. Em discurso realizado na tarde desta segunda-feira (15), o socialista afirmou que a proposta do Governo Bolsonaro “fere a Constituição Cidadã”, ele ainda afirmou que o presidente e seus aliados não discutiram a proposta adequadamente.

“Após analisar cuidadosamente esta proposta e constatar que o governo, seus seguidores e aliados não aceitam discutir democraticamente este importante assunto, acatando emendas supressivas e modificativas, vou declarar o porquê voto contrário à PEC. Não podemos aprovar um projeto desse às pressas”, explicou.

Gonzaga ainda criticou as mudanças apresentadas para as aposentadorias rurais.

“Trago aqui um exemplo de retrocesso inexplicável, que é a tentativa de mudança nas regras do Benefício de Prestação Continuada (BPC) e nas aposentadorias rurais, conquistadas por uma emenda de minha autoria, na Assembleia Nacional Constituinte, que está contida na proposta da Reforma da Previdência do governo Temer, (PEC 06/19), dentre muitos outros itens maléficos ao povo brasileiro“, disse.

 Sacrifício

Segundo o parlamentar, sacrificar os mais vulneráveis ao lhes exigir cinco anos a mais para se aposentar que o resto da população não é a saída. “Por que dois pesos e duas medidas? Por que os mais miseráveis hão de penar mais tempo para obter uma renda de substituição na velhice? Por que discriminar mais uma vez quem foi discriminado a vida toda? Porque não é a Previdência Social Brasileira, nem são os seus contribuintes, trabalhadores e aposentados, os culpados pelos bilhões de reais negativos da Previdência. Os culpados são o governo federal, governos estaduais e prefeituras municipais, seus maiores devedores”.

Gonzaga Patriota concluiu o discurso solicitando que os seus colegas deputados não sejam favoráveis à proposta da Reforma da Previdência.

Via Carlos Britto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!