CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Petrolândia: Morador da Quadra 14 reclama de obra abandonada: "Prédio todo aberto está servindo para prostituição e usos de drogas no local"


Um morador da quadra 14 de Petrolândia, leitor do blog que preferiu não se identificar, entrou em contato com nossa redação para fazer uma denúncia à respeito da obra do Posto PSF-Programa de Saúde da Família naquela localidade. O mesmo informa que após a saída da construtora da obra, o prédio inacabado e abandonado vem recebendo a visita de usuários de drogas e vem ocorrendo também prostituição no local. Veja a denúncia abaixo:

Olá Alex, estou mandando essas fotos(PSF-DR. HERMÍNIO DA QUADRA 14) para você divulgar em seu blog. Sou morador da quadra 14 quero registrar minha indignação com o descaso que sempre vem acontecendo em nossa cidade. Quando não é energia ou lixo, esgotos, buracos nas ruas, tem também descasos de prédios públicos. Veja amigo quê  de uns 25 dias para cá, a construtora deixou a obra mais ou menos com 80% quase concluída. A nossa revolta é quê o órgão público municipal. Nem se quer veio alguém da instituição olhar como se encontra o prédio, todo aberto está servindo para prostituição e usos de drogas no local. Um dia desses era um entra e sai de pessoas quê até pensei que já estava em funcionamento para consulta. Eram pessoas usando drogas e se prostituindo no fim de tarde. Fica a minha pergunta. Porquê as autoridades municipais não se manifestam já que o prédio ficou inacabado? Porque não vem colocar alguns tapumes ou até mesmo umas grades de ferro para impedir essas pessoas de tramitar dentro do prédio? E inibir também a depredação. Alex espero quê alguém. Ou secretário veja essa nota e faça alguma coisa para proteger o prédio e o local. Até outra contratação de outra empresa quê ninguém sabe quando... Fica aqui e não só minha revolta e indignação como cidadão filho de Petrolândia.

Por Redação/Fotos: Divulgação|Informações: Anônima.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!