CLIMAGEM

CLIMAGEM

TRINDADE MÓVEIS

TRINDADE MÓVEIS

JAQUES

JAQUES

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CHURRASCARIA E HOTEL NILSON

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

CONVENIÊNCIA BODEGA DA VILLA

domingo, 14 de abril de 2019

Cotidiano: Baronesas se alastram na prainha de Petrolândia, e manualmente são tiradas por comunitários


Em meio as Baronesas que infestaram as margens do Lago de Itaparica, eis que surge alguns homens para tentar resolver parte do problema. 

Nesta última sexta-feira (12) a reportagem do blog Petrolândia Notícias, esteve na prainha de Petrolândia, e uma cena chamou nossa atenção, onde vários homens estavam limpando de maneira manual parte da prainha de Petrolândia.

Em busca de maiores informações conversamos com o responsável que é um comerciante local, que nós informou que coloca um trailer no local, nos finais de semana para vender bebidas, lanches e petiscos, e com a atual situação das baronesas,  estava impossibilitando o movimento de frequentadores e até mesmo embarcações na prainha durante os finais de semana. Perguntamos ao comerciante se a Prefeitura está colaborando com os serviços na área de lazer, o mesmo afirmou que não, e tudo tá sendo por conta dele, inclusive a mão de obra dos homens envolvido na limpeza da área.

Segundo especialistas, as plantas aquáticas se alimentam de matéria orgânica dos esgotos, deixando um alerta sobre a poluição do Rio São Francisco.


Devido às últimas chuvas caídas na região do Velho Chico, essa planta denominada Baronesa, também conhecida por Jacinto D’água, Aguapé, Rainha dos Lagos e Lírio D’água, se desprende de ilhotas formadas ao longo do Rio São Francisco e chega a roças, chácaras e outros pontos de lazer de Petrolândia.


Vídeo:


Fotos:








Por Redação/Fotos e vídeo: Alex Santos


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comente!